PM atende duas ocorrências de perturbação de sossego em Guarapuava

Em uma terceira ocorrência, um adolescente de 16 anos foi apreendido e dois jovens de 19 e 21 anos foram presos por desacato, desobediência e resistência

PM atende duas ocorrências de perturbação de sossego em Guarapuava (Foto: Arquivo/RSN)

Em plena quarentena por causa da pandemia do novo coronavírus, ainda há moradores em Guarapuava desrespeitando o isolamento social e fazendo festa em casa. Além disso, acabam perturbando os vizinhos.

ALTO CASCAVEL

Por volta de 0h50 desta terça (21), a Polícia Militar foi até a rua Almirante Barroso, no bairro Alto Cascavel, após uma mulher dee 25 anos denunciar que o vizinho dela estava fazendo uma festa, com som muito alto. Aos policiais, a mulher disse que tentou dialogar com o vizinho, mas foi insultada pelos convidados.

No endereço a mulher disse ainda que é rotineira a situação de som alto no vizinho e decidiu representar contra ele. Na casa onde estaria ocorrendo a festa, foi abordado um jovem de 21 anos. Ele relatou aos policiais que estava fazendo apenas fazendo um churrasco, com aproximadamente seis pessoas.

Os policiais não constataram som alto, mas como havia interesse em representação da vizinha, foi apreendida uma caixa de som JBL Azul. Os envolvidos foram encaminhados para o cartório do 16º BPM, para os procedimentos necessários.

CONRADINHO

No bairro Conradinho, a PM atendeu também nessa madrugada um caso de desobediência e resistência, em uma festa. Assim por volta das 2h40 desta terça (21), os policiais foram até a rua Laurindo Rocha, onde estaria ocorrendo uma festa com muita algazarra e som em volume alto.

No dia anterior a equipe já havia comparecido ao local para fazer orientação após reclamações. Foram orientados uma mulher de 32 anos e um homem de 29 anos, e confeccionado boletim de ocorrência. Nesta madrugada, o homem foi novamente abordado e se identificou como o responsável pelo imóvel.

Assim, os policiais informaram que mais uma vez havia reclamação devido ao som alto e recomendaram o término da festa e a saída dos convidados. A recomendação foi acatada pelo morador. Como já existia uma orientação e também o interesse na representação por parte de um vizinho de 32 anos, foi apreendida uma caixa de som da marca JBL Azul.

Os envolvidos foram encaminhados ao cartório do termo circunstanciado, para os procedimentos necessários. Entretanto, conforme a PM, durante a confecção do boletim, a equipe foi informada que a mulher de 32 anos estava gritando em via pública e ameaçando os vizinhos.

Quando os policiais retornaram ao endereço, a mulher já estava dentro de casa. Ela autorizou a entrada da equipe policial e foi convidada a acompanhar os policiais até o cartório do termo circunstanciado. A mulher se negou a atender a polícia. Por fim, foi preciso uso de força moderada para encaminhar a mulher ao cartório do TC do 16º BPM.

BAIRROS DOS ESTADOS

Por fim, a Polícia Militar atendeu uma ocorrência de desacato, desobediência e resistência nesta madrugada no bairro dos Estados em Guarapuava. Conforme informações da PM, por volta das 2h da manhã, a equipe policial se deslocou até a rua General Rondon, para atender uma situação de vias de fato.

No local os policiais constataram que várias pessoas de casas diferentes tinham ingerido bebida alcoólica e depois do início de uma discussão, entraram em vias de fato na rua. Mesmo com a chegada da equipe policial, os envolvidos continuaram a trocar xingamentos.

Vários deles mostraram lesões decorrentes da briga, principalmente um jovem de 24 anos e uma jovem de 21 anos. Durante a orientação da equipe, um adolescente de 16 anos, um jovem de 19 anos e a jovem de 21 anos, saíram do local que estavam sendo orientados.

Depois que já estavam distantes, passaram a gritar e xingar os policiais, usando palavras de baixo calão. Os policiais tentaram fazer a abordagem, mas os três desobedeceram e correram para o pátio de uma residência.

Assim, diante da desobediência, desacato e resistência foi solicitado apoio de outras equipes. A PM entrou na casa, onde os jovens usaram força física e investiram contra os policiais, resistindo à prisão. Por fim, a PM informou que devido a exaltação dos jovens, foi preciso o uso de força moderada para contê-los. Todos foram levados para a 14ª SDP.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

NOTA OFICIAL

Servidores de Guarapuava receberam Auxílio Emergencial, diz TCE/PR

HOMENAGEM

Em Guarapuava, moradores do São Cristóvão recebem UBS diferenciada

COVID-19

Guarapuava tem cinco novos casos confirmados da covid-19 em 24 horas

Comentários