PM atende quatro ocorrências de violência doméstica em Guarapuava

Em uma das ocorrências de violência doméstica, o marido chegou em casa bêbado e após uma discussão, agrediu a mulher que está grávida

PM atende quatro ocorrências de violência doméstica em Guarapuava (Foto: Reprodução/Pixabay)

A Polícia Militar atendeu quatro ocorrências de violência doméstica nas últimas horas em Guarapuava. Em um dos registros, o marido embriagado agrediu a esposa que estava grávida. O caso ocorreu às 23h13 dessa quarta (1), na rua Antenor Pereira dos Santos, no bairro Jardim das Américas.

Conforme relato feito à Rádio Patrulha, o marido bêbado chegou em casa e a agrediu após uma discussão. Os dois foram levados para a 14ª SDP.

CONRADINHO

Ainda neste 1º de janeiro, a Rádio Patrulha atendeu outra ocorrência de violência doméstica. Desta vez na rua Ibyama, no bairro Conradinho. De acordo com a vítima, ela tentava reatar o relacionamento com o ex-marido, quando se desentenderam e o homem a agrediu no braço direito, causando hematomas.

Além disso, o agressor teria segurado a mesma na Região do tórax, local em que a vítima se queixava de dor. O homem também teria danificado o aparelho celular da ex-mulher. O homem foi encontrado em casa e confirmou os fatos.

Porém, informou que apenas tentou segurar a ex-esposa, que segundo ele estaria muito alterada devido ao consumo de bebidas alcoólicas. levado para a 14ª SDP para os procedimentos necessários.

VILA BELA

Já na Vila Bela, os policiais atenderam uma mulher na rua Nagib Nassar, que relatou que seu ex-marido de 60 anos, foi até a casa dela bêbado e começou a ofendê-la com palavras de baixo calão e injúrias.

Além disso, conforme relato da vítima, o homem tentou agredi-la e seus familiares. De acordo com a PM, a mulher possui medida protetiva, e seu ex-marido não pode se aproximar dela.

A vítima mora na casa que é da sua ex-sogra. A residência é geminada com a casa da família do agressor. Quando os policiais chegaram ao local, o homem já não estava na casa. A mulher foi orientada quanto as demais medidas cabíveis.

INDUSTRIAL

E no começo da madrugada desta quinta (2), a polícia atendeu ao quarto registro de violência doméstica em Guarapuava. Assim, por volta das 1h10 da manhã, a equipe da Rádio Patrulha foi até a rua Augusto Marcon, no bairro Industrial, onde a moradora disse aos policiais que está separada há seis meses do agressor, e que está sendo ameaçada de morte por ele.

Além disso, a vítima informou que precisou se abrigar na casa dos filhos para se proteger do ex-marido. Isso porque o acusado, de acordo com a mulher, teria ido até sua casa, e a ameaçou com uma faca de cozinha.

A mulher relatou ainda que precisou esconder alguns espetos para não ser agredida. Diante do interesse de representação, os dois foram encaminhados para a 14ª SDP.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

REPASSE

Guarapuava já recebeu mais de R$ 10 milhões do Estado em 2020

AJUDA!

Erich Limper está à procura de Kika em Guarapuava

ALERTA

Sáude confirma epidemia de Dengue em 24 cidades do Paraná

Comentários