PM aumentou apreensões de maconha em 375% em apenas um ano

As apreensões de drogas feitas pela PM, causaram um prejuízo de R$ 54.641.650 ao tráfico em 2019 contra R$ 12.814.500 em 2018

Parte da maconha apreendida pela PM (Foto: Ascom/Polícia Militar)

As ações de combate ao tráfico de drogas pautam a Polícia Militar, sediada em Guarapuava. Embora seja responsável por 24 municípios da Região, com um efetivo que trabalha com 43% de defasagem, os resultados são animadores. De acordo com o relatório comparativo entre 2018 e 2019, o maior impacto está nas apreensões de drogas.

O balanço com os números foi divulgado nessa segunda (13). Conforme o Major Cristiano Cubas, comandante do 16º BPM (Batalhão da Polícia Militar), em um ano houve um aumento de 375% na apreensão de maconha.

Aumentamos de 386 quilos apreendidos em 2018 para 1.832 no ano passado.

Outro aumento verificado foi com o tráfico de cocaína. Assim, em 2018 foram tirados de circulação seis quilos da droga. Porém no ano passado as apreensões somaram 162 quilos. Entretanto, o crack caiu de 22 quilos para cinco.

“Como a maconha aumentou muito significa que o consumo de crack caiu”. Conforme o Major Cubas, o ecstasy também diminuiu. Em 2018 foram aprendidas 283 unidades contra 233 em 2019.

Comandante do 16ºBPM, Major Cubas durante entrevista ao Portal RSN (Foto: Jeferson Ribeiro/RSN)

Na somatória as apreensões de drogas somaram 344 em 2019 contra 261 em 2018. Tudo resultou um prejuízo de R$ 54.641.650,00. Enquanto em 2018  foram R$ 12.841.500,00. Todavia, a incidência de furtos e roubos também sofreu queda. Em 2028 foram registrados 634 roubos contra 587 em 2019.

Assim, no ano passado houve 2.724 furtos contra 2.956 em 2018. “A polícia está presente nas ruas e isso inibe a ação de furtos e roubos”.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ALERTA

Seis macacos são encontrados mortos em Guarapuava

ENCONTRADA!

Jovem dada como desaparecida em Guarapuava faz declaração pública

UTILIDADE PÚBLICA

Pai procura por jovem desaparecida em Guarapuava

Comentários