PM cumpre mandado judicial contra homem de organização criminosa

Em Guarapuava, o homem de 31 anos havia rompido há alguns dias a tornozeleira eletrônica e a PM o encontrou no bairro Vila Bela

PM cumpre mandado judicial contra homem de organização criminosa (Foto: Reprodução/Pixabay)

Nesta véspera de Ano Novo (31), a Polícia Militar cumpriu com um mandato judicial contra um homem de 31 anos em Guarapuava. O homem havia rompido com a tornozeleira eletrônica há alguns dias e a PM o encontrou no bairro Vila Bela.

Por volta das 9h30, equipes da Rádio Patrulha se deslocaram até a rua Aleixo Thomas. Através de levantamento de informações, os policiais descobriram que havia um foragido em uma casa, rompendo a tornezeleira eletrônica, devido estar cumprindo sentença pelos crimes de roubo, tráfico de drogas e receptação simples.

No local, a PM abordou o foragido e mais um homem que estava com ele na casa. O segundo abordado negou a identificar-se por diversas vezes. A polícia consultou e constatou que contra o foragido havia o mandado de prisão pelos crimes previstos nos artigos 33, 307, 150, 180, 155. Bem como, o artigo 2º caput da lei 12850/13 da lei de organização criminosa pela comarca de Foz do Iguaçu.

Diante dos fatos, a equipe deu voz de prisão, sendo algemado conforme decreto federal 8858/16 para evitar uma possível fuga. Posteriormente, a equipe então voltou a conversar com o segundo abordado com o intuito de identificá-lo, porém novamente se negou a fornecer qualquer dado pessoal.

Desse modo, a polícia disse ao abordado que ele seria conduzido até a delegacia para que fosse identificado. Mas, ele tentou fugir da abordagem policial, não acatando nenhuma das ordens legais da equipe. Assim, os policiais usaram progressivamente técnicas de imobilização para que fosse contido.

MAIS TARDE

Além disso, o homem conseguiu mudar as algemas para frente e pulou o muro dos fundos da casa tomando rumo ignorado. Após cerca de 25 a 30 minutos, populares indicaram que em uma edícula nos fundos na rua Borges de Medeiros havia uma foragido.

Os policiais fizeram adentramento tático no local e localizaram o homem de 41 anos, o qual havia danificado as algemas, arrebentando a corrente. A PM deu voz de abordagem e ele novamente não acatou, vindo a entrar em luta corporal com a equipe policial. Dessa maneira, sendo necessário uso de técnicas de imobilização para conter a injusta agressão.

Por fim, a PM deu voz de prisão ao abordado pelo crime de dano ao patrimônio público devido o ter arrebentado as correntes das algemas e encaminhou os envolvidos até a Upa Batel para serem medicados. Posteriormente, até à 14ª SDP para procedimentos cabíveis.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

PANDEMIA DA COVID-19

80ª morte por covid-19 é confirmada em Guarapuava

DESTAQUE NACIONAL

Professora da Unicentro recebe prêmio de excelência por pesquisa

PREVENÇÃO

Mega operação vai combater a criminalidade em Guarapuava e Região

Comentários