PM flagra oito bares abertos e um culto em Guarapuava

PM e Corpo de Bombeiros fazem monitoramento no Centro e nos bairros de Guarapuava retirando pessoas das ruas e orientando o comércio

PM flagra bares abertos em Guarapuava (Foto: Ascom/Polícia Militar)

Oito bares foram orientados a fechar as portas em Guarapuava e os clientes informados que deveriam ir para casa. A operação desenvolvida pela Polícia Militar e Corpo de Bombeiros foi nesse domingo (22) como medida preventiva à propagação do coronavírus.

De acordo com a PM, por volta das 10h50, na rua Joaquim Osório Duque Estrada, bairro Morro Alto, um bar estava com música alta com utilização de Junkebox, algazarra e aglomeração de pessoas. Conforme a polícia, a proprietária de 37 anos, não possuía alvará de licença de localização e funcionamento para o estabelecimento. Ela assinou Termo Circunstanciado e as pessoas foram para casa.

Assim, nesse mesmo bairro, na rua Bernardino Roseira de Lacerda, no bairro Morro Alto, por volta das 15h15 outro bar estava em funcionamento. O dono disse que desconhecia o decreto municipal que impede o comércio de abrir.

Porém, em outro lado da cidade, no bairro Boqueirão, às 15h50min, uma equipe da Rádio Patrulha viu mais dois bares abertos e com vários clientes. Orientados, os donos fecharam as portas.

Conforme a polícia militar, em por volta das 16h10 outro bar foi encontrado aberto e com vários clientes. Deste vez, o flagrante foi na rua Generoso de Paula Bastos, bairro no Santa Cruz. A proprietária do estabelecimento, foi orientada pela equipe e fechou o estabelecimento.

Entretanto, às 19h30min, a equipe da Rotam em patrulhamento pela rua Cândido Xavier, esquina com rua Guaíra, verificou que em um estabelecimento comercial havia aproximadamente 12 pessoas, jantando e consumindo bebidas alcoólicas. Assim, mais uma proprietária foi orientada a dispensar seus clientes.

Todavia, às 18h30 na rua Turíbio Gomes, na Vila Bela, havia um bar aberto com cerca de 20 pessoas. A mesma situação foi encontrada nos bairros Conradinho e Cascavel.

CULTO

Às 20h40min, a equipe do pelotão de Trânsito percebeu a celebração de um culto com 50 pessoas. A missionária foi orientada sob o decreto municipal referente a COVID-19. Os policiais pediram que ela encerrasse o culto.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

CALORÃO EM GUARAPUAVA

Altas temperaturas marcam o 1º fim de semana da Primavera

COM SEGURANÇA

Ação educativa 'Café na Passarela' ocorreu nesta sexta (25) na BR-277

CONVITE

Crescer sem deixar ninguém para trás!

Comentários