Polícia Ambiental de Guarapuava realiza destruição de materiais apreendidos

Equipamentos eram utilizados para pesca ilegal na região

(Foto: Batalhão de Polícia Ambiental de Guarapuava)

Uma a equipe do Pelotão da Polícia Ambiental de Guarapuava destruiu uma série de materiais que eram utilizados em atividade pesqueira não regulamentada, incluindo 1.500 metros de redes, 150 metros de espinhéis (complexo de anzóis), quatro tarrafas (grandes redes circulares) e 121 boias. Os materiais foram destruídos na última terça feira (27).

Os objetos haviam sido apreendidos pela Polícia Ambiental, na região de Guarapuava, após o início da Piracema, período de reprodução dos peixes no qual a pesca é considerada predatória e, portanto, proibida.

Relacionadas

'CANTADA'

Homem assediava mulheres em praça central de Guarapuava

VAMOS ESTUDAR?

Senac oferece cursos técnicos na área da enfermagem em Guarapuava

COVID

Mais uma vez Guarapuava ultrapassa 100 casos de covid-19 em um dia

Comentários