Polícia Federal e Incra promovem operação contra extração ilegal de madeira

Guarapuava – O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e a Polícia Federal (PF), em conjunto com o Instituto Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama) e o Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb) – Força Verde, da Polícia Militar do Paraná, realizaramontem, terça-feira (24) a operação Tolerância Zero, para repressão aos crimes ambientais cometidos por madeireiras no entorno do Projeto de Assentamento (PA) Celso Furtado, em Quedas do Iguaçu, região sudoeste do Paraná.
A ação partiu de denúncias do próprio Incra, com base na extração e comercialização ilegal de madeira do assentamento. Estão sendo cumpridos mandados de prisão temporária e de busca e apreensão, expedidos pela da Justiça Federal. No total, 22 servidores do Incra e 214 policiais federais participam da operação, além de 145 policiais militares, 117 policiais da Força Verde e 24 servidores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Relacionadas

FISCALIZAÇÃO

Força-Tarefa reforça combate à pesca predatória e desmatamento no PR

CAMPEONATO PARANAENSE

Datas para o Campeonato Paranaense já estão definidas

ORIENTAÇÕES

IAT orienta população sobre entrada nos parques estaduais

Comentários