PM registra violência doméstica em Turvo e Campina do Simão

Em Turvo, um homem de 24 anos, ameaçou os familiares e desacatou a polícia. Em Campina do Simão, uma jovem de 18 anos foi agredida pelo marido

PM registra violência doméstica em Turvo e Campina do Simão (Foto: Reprodução/Pixabay)

A Polícia Militar atendeu nessa terça (6) duas ocorrências de violência doméstica na Região. Em Turvo, a PM recebeu solicitação de atendimento de um homem que relatou que o filho, de 24 anos, estava ameaçando os familiares e danificando pertences na residência em que mora.

Desse modo, a PM foi até a rua Henry Cook, no bairro Vila Jaime para averiguar o fato. No endereço, a irmã do jovem disse que ele estava sob efeito de entorpecente ou álcool e agressivo.

Os policiais constataram que o jovem denunciado tinha quebrado o portão da casa. Além disso, tentou reagir a abordagem tornando necessário o uso de imobilização para contê-lo. Mediante interesse da irmã em representar contra o agressor, ambos foram encaminhados até a Delegacia da Mulher 14ª SDP em Guarapuava para os procedimentos cabíveis.

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E DESACATO

Ainda nessa quarta, a PM atendeu uma ocorrência de lesão corporal e violência doméstica em Campina do Simão. Uma jovem de 18 anos, relatou que o marido de 31 anos, a agrediu e depois tentou esganá-la. Por volta das 17h50, os policiais foram com a vítima até a rua dos Pássaros, em busca do agressor.

O homem foi encontrado caído em via pública e tinha ferimentos no rosto. De acordo com ele, os ferimentos foram causados por populares. Desse modo, o agressor foi encaminhado para o Posto de Saúde de Campina do Simão, onde recebeu atendimento médico.

Ainda no Posto de Saúde, os policiais precisaram imobilizar o agressor, devido a agressividade. Após a liberação médica, a jovem e o marido foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil de Guarapuava.

AUMENTO NAS OCORRÊNCIAS

De acordo com o Portal G1, o Paraná registrou aumento de 15% nas ocorrências de violência doméstica durante a quarentena. A Polícia Militar do Paraná divulgou dados da primeira semana de isolamento e foram registradas 217 queixas no Estado. No Brasil, o aumento foi de 30%, demonstrando a gravidade da situação.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

MAIS CONFIRMAÇÕES

Saúde confirma seis novos casos de covid-19 em Guarapuava

COVID-19

Guarapuava tem agora o menor coeficiente de mortalidade do país

ELEIÇÕES 2020

Celso Goes e Burko ainda não registraram candidaturas no TRE

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com