Preso pulou alambrado e fugiu da PEG UP em Guarapuava

Leomar Sant'ana de Motta de 21 anos deixaria a unidade em dezembro deste ano. O preso pulou o alambrado no horário do almoço

Preso pulou alambrado da PEG – Unidade de Progressão no horário do almoço  (Foto: Gilson Boschiero/RSN)

Um preso fugiu no começo da tarde desta terça (17) após pular o alambrado da Penitenciária Estadual de Guarapuava. De acordo com informações da penitenciária, a unidade de progressão tem um regime diferenciado. Assim, como o foco são o trabalho e o estudo dos internos na preparação para a reinserção na sociedade, a segurança é mínima na unidade.

Apenas um alambrado separa os presos do ambiente externo. De acordo com informações da PEG UP, Leomar Sant’ana de Motta de 21 anos, aproveitou o horário do almoço. Ele pulou o alambrado no começo da tarde e fugiu.

Ele trabalhava em uma das fábricas da penitenciária e também estudava. Conforme informações da PEG UP, o preso cumpriria pena até maio de 2020, mas com a remissão devido ao trabalho e aos estudos, deveria sair da penitenciária em dezembro deste ano.

PEG UP tem segurança mínima. Na Unidade de Progressão, os presos trabalham e estudam (Foto: Gilson Boschiero/RSN)

Desde janeiro deste ano, quando a estrutura do Crag – antigo semiaberto passou a abrigar a PEG UP, 13 internos fugiram da mesma forma. Oito foram recapturados. Porém, segundo informou a penitenciária, quem foge da PEG UP, não retorna mais para a unidade.

Em agosto, seis presos fugiram da Penitenciária Estadual de Guarapuava – Unidade de Progressão pulando o alambrado.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

PROGRAME-SE

Shopping Cidade dos Lagos tem atrações diversificadas neste 'feriadão'

VIOLÊNCIA

Carro, celulares e até chope foram furtados em Guarapuava

VIOLÊNCIA

Homem agride policiais durante abordagem em Guarapuava

Comentários