Procon intensifica fiscalização e orienta o comércio em Guarapuava

Procon pede limitação na venda de produtos que estão em falta em supermercados: álcool gel e máscaras. Também vai fiscalizar preços de exames da Covid-19

Paulo Lima e representantes empresariais e da Receita Estadual (Foto: Divulgação/Procon)

O coordenador do Procon em Guarapuava, Paulo Lima, reuniu nesta sexta-feira (20), comerciantes, representantes de laboratórios, de farmácias e de supermercados. A Receita Estadual também estava representada. O encontro foi na sede da Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava (ACIG) e definiu novas medidas.

De acordo com Paulo Lima, o Procon vai fiscalizar a margem de lucro dessas e de outras empresas, principalmente, aquelas que vendem álcool gel e máscaras. Conforme Paulo Lima, a fiscalização se estende aos laboratórios de análises clinicas. “A nossa intenção é coibir a margem excessiva de lucro e, consequentemente, o abuso de preços”.

Assim, outra orientação dada pelo Procon refere-se aos supermercados. “É preciso também haver controle de venda de alimentos que já estão faltando nas prateleiras”. Também deverá ser controlado o número de álcool gel e máscaras por cliente. Assim, outra medida que será fiscalizada é a emissão de nota fiscal.

Todavia, o Procon alerta que a fiscalização no comércio continuará e de forma ostensiva.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

 

Relacionadas

BALANÇO

Setembro mantém tendência de queda casos de covid-19 em Guarapuava

NEM É VERÃO

Temperaturas superiores a 30ºC devem ser registradas em Guarapuava

DIA DE PASTEL

Nesta quinta (1), tem pastel na Catedral em Guarapuava

Comentários