Protetoras de animais são ameaçadas por moradores em Guarapuava

De acordo com o relato das mulheres à PM, elas estavam verificando uma denúncia de que vários cachorros estavam saindo e atacando populares

Protetoras de animais são ameaçadas por moradores em Guarapuava (Foto: Arquivo/RSN)

Duas mulheres protetoras de animais receberam ameaças nesse domingo (8) por moradores em Guarapuava. A situação ocorreu numa casa no bairro Conradinho. Isso porque elas estavam verificando uma denúncia que vários cachorros estavam saindo na rua Sorocaba atacando populares. E, também que estariam em local inapropriado para aquela quantidade de animais.

Por volta das 17h45, a Polícia Militar recebeu uma denúncia de ameaça. Quando os policiais chegaram no endereço informado, as mulheres relataram à PM, que ao tentarem conversar com o dono dos cachorros, um homem de 55 anos, ele as ameaçou. Assim, perguntando “Vocês não tem medo de um três oitão?”. Desse modo, fazendo referência a arma de fogo. Além disso, a esposa do homem, uma mulher de 49 anos, disse as protetoras “suas vacas, suas vagabundas, eu trabalho para alimentar meus amimais”.

Com isso, a equipe policial explicou as protetoras quanto as procedências cabíveis. Por fim, com o interesse na representação das duas, os policiais encaminharam ambas as partes para a elaboração do termo circunstanciado no 16º BPM.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

O ALERTA CONTINUA

Neste sábado (5), Guarapuava registra 37 novos casos de covid-19

BAZAR BENEFICIENTE

Bazar agendado 'Vidas por Vidas' ocorre todos dias em Guarapuava

CUIDADOS

Energisa dá dicas de segurança e economia para iluminação de Natal

Comentários