Próximos dias serão de decisão política, diz Artagão Junior

Ele está próximo ao ex-prefeito Vitor Hugo Burko. Porém, Artagão Junior recebeu a notícia da desincompatibilização do médico José de Mattos Leão Neto

Próximos dias serão de decisão política, diz Artagão Junior (Foto: Ascom/gabinete parlamentar)

Os próximos dias serão decisivos para as definições de candidaturas a prefeito também em Guarapuava. Dessa forma as escolhas terão que ser feitas. Com uma posição ainda indefinida, apesar das conversas que vêm ocorrendo com outros grupos, o deputado Artagão Junior (PSB) disse ainda que não definiu apoio.

Apesar de já ter assumido que o grupo que integra o PSB, o PSL e o PTB, esteja bem próximo do ex-prefeito Vitor Hugo Burko (DEM), a desincompatibilização do médico José de Mattos Leão Neto (PSL) do Hemocentro, na semana passada pode mudar o rumo do Grupo. “O Dr. José é um excelente profissional e um grande companheiro. Vamos conversar e ver o que ele está pensando. Também vamos voltar a conversar com o Vitor Hugo. Precisamos ver essa questão judicial, cujos boatos aumentaram nesta semana”.

Artagão Junior se refere à possibilidade de Burko ter a confirmação de candidatura frustrada por ações judiciais que o tornariam inelegível. O pré-candidato a prefeito nega qualquer possibilidade nesse sentido. “Tenho conversado com o Burko sobre esse assunto e ele nega. Eu acredito no que ele diz, mesmo porque no Tribunal de Contas do Paraná não há nada contra ele. Pode ser no TCU (Tribunal de Contas da União), mas como já disse acredito no que ele (Burko) diz”.

COM O GRUPO ‘CARLISTA’

De acordo com o parlamentar, as conversas também seguem com o ex-prefeito Fernando Ribas Carli (PSD). “Tenho falado pessoalmente com o Fernando. Não tenho nenhum entrave político com o grupo carlista. Mas ele não é candidato”. Já em relação ao grupo do prefeito Cesar Silvestri (Podemos), Artagão Junior volta a falar sobre o distanciamento político criado após a morte do ex-deputado estadual Bernardo Ribas Carli, que ‘interrompeu’ a união das forças políticas iniciadas por Bernardo. “Não é nada pessoal, mas é uma questão de posicionamento político”.

Conforme o deputado, ele segue também conversando com outros pré-candidatos. Entretanto, ele disse que ainda não houve nenhuma agenda com o PT, partido com o qual compôs a chapa majoritária nas eleições de 2016.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

MAIS CONFIRMAÇÕES

Saúde confirma seis novos casos de covid-19 em Guarapuava

COVID-19

Guarapuava tem agora o menor coeficiente de mortalidade do país

ELEIÇÕES 2020

Celso Goes e Burko ainda não registraram candidaturas no TRE

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com