Quase mil alunos sensibilizados durante ações de prevenção de acidentes elétricos da Companhia Força e Luz do Oeste

Guarapuava – Terminou nesta sexta-feira, 13, a IV Semana Nacional de Segurança com Energia Elétrica promovida pela Companhia Força e Luz do Oeste, uma empresa da Rede Energia, em parceria com a Abradee (Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica).
Segundo o Gerente Regional da Companhia Força e Luz do Oeste, Dalessandro Luis Mafei, “o objetivo é despertar na população a consciência de que os cuidados devem ser redobrados para evitar acidentes com a rede de energia elétrica. E esta campanha está inserida nas ações que a empresa já tem desenvolvido como parte do programa “Segurança em Primeiro Lugar” que já abrange os trabalhadores do quadro próprio da empresa, os terceirizados e a população em geral”.
Durante a semana, foram realizadas palestras nas escolas, blitzes educativas nas obras da cidade e distribuição de panfletos com orientações sobre Segurança no Campo para os clientes rurais e ainda, blitz de orientação aos trabalhadores da construção civil na cidade de Guarapuava.
“Cerca de 800 alunos foram sensibilizados durante as ações preventivas. Os clientes rurais receberam junto com a fatura de energia elétrica, um folheto com dicas importantes sobre o cotidiano no campo. Produtor rural deve ficar atento e ter cuidado, por exemplo, ao passar com colheitadeiras e tratores com hastes de pulverização erguidas sob os fios da rede elétrica, pois um simples toque pode ser fatal”, disse Mafei.
Para o Gerente, “a população precisa ter consciência dos riscos e da gravidade dos acidentes elétricos. Para se ter uma idéia, dados da Abradee revelam que aproximadamente mil pessoas sofrem acidentes graves com eletricidade anualmente no Brasil, daí a importância de trabalharmos a prevenção destes acidentes, alertando e orientando a população”, reforça Mafei.
O slogan da semana “A gente avisa, mas você precisa fazer sua parte” revela a necessidade de estarmos atentos aos perigos e riscos de acidentes elétricos.
“Todos nós somos responsáveis pela segurança de nossos filhos orientando sempre para não soltar pipas próximo à rede elétrica ou mesmo usar cerol, cuidando da segurança elétrica da nossa casa e da comunidade em geral. Precisamos despertar esta consciência e sempre que observarmos situações que possam provocar acidentes ou interrupções no serviço de energia elétrica, como um poste que está na área com erosão correndo risco de cair, um galho ou árvore que possa cair sobre a rede elétrica, devemos avisar imediatamente o CAC, através do 0800-7010323. Assim, possibilitaremos que os riscos e perigos destes acidentes ocorrerem sejam cada vez menores”, alerta Mafei.

A Semana no Brasil
A Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee) em parceria com 35 concessionárias associadas realizaram, de 9 a 13 de novembro, a IV Semana Nacional da Segurança da População com Energia Elétrica.
As distribuidoras montaram uma verdadeira força-tarefa para realizar ações em seus estados. Os principais temas desenvolvidos durante a semana foram a instalação de antenas de TV, perigos com as pipas próximo a rede elétrica, riscos de acidentes em canteiros de obras e o furto de energia elétrica.
Nestes casos, a informação e conscientização da população sobre os riscos envolvidos e como evitá-los, é fator decisivo na prevenção.
“A expectativa é atingirmos uma população de cerca de 170 milhões de habitantes em todo o país, por meio de uma grande campanha nacional, mostrando que cuidados simples, tomados no dia-a-dia, são fundamentais para evitar acidentes”, destaca o presidente da Abradee, Luiz Carlos Guimarães. Segundo ele, a repetição anual deste tipo de campanha, complementado pela ação permanente das distribuidoras, certamente, contribui para criar na população uma consciência de prevenção de riscos e reduzir o número de acidentes

Relacionadas

SOLIDARIEDADE

Bebê precisa de medicamento que custa R$ 12 milhões

ALERTA

Procon alerta sobre perigo de kit 'fake' de vacina contra a covid-19

HOMENAGEM

Praça da Ucrânia terá monumento esculpido com ícones da cultura

Comentários