Rodolpho Scherner Neto está preso em Guarapuava

O mandado de prisão foi expedido por volta das 20h e Rodolpho Scherner Neto se entregou na Delegacia de Polícia Civil de Guarapuava

Rodolpho Scherner Neto recebeu voz de prisão no início da noite  (Foto: RSN)

Foi expedido há pouco o mandado de prisão preventiva contra Rodolpho Scherner Neto. Ele é acusado de atropelar e matar Filomena Schepansky, de 70 anos, na manhã desse domingo (12) em Guarapuava.

O acusado se apresentou no fim da tarde na 14ª SDP em Guarapuava. Porém, ele não ficou preso, pois no momento em que  se apresentou, o mandado de prisão ainda não teria sido expedido. Assim, Rodolpho entrou pela porta dos fundos da Delegacia. De acordo com o advogado de defesa, Alan Quartiero, Rodolpho ficou em silêncio durante o momento de depoimento.

Na manhã desta segunda (13) advogados de Rodolpho entregaram o carro que ele dirigia no momento do atropelamento. O efetivo policial da Delegacia de Guarapuava esteve durante todo o dia empenhado em prender o acusado.

Por volta das 19h o mandado solicitado pelo Delegado Chefe da 14ª SDP, Rubens Miranda Junior ainda pela manhã de hoje (13), foi expedido. Logo após a notificação aos advogados de defesa, Rodolpho se apresentou novamente, acompanhado dos advogados e recebeu voz de prisão. Ele deve responder pelo crime de homicídio com dolo eventual.

A DEFESA

Antes da apresentação à justiça, a defesa afirmou que:

Primeiramente a defesa buscará ter acesso aos autos. Já entramos em contato com o Dr. Rubens (Delegado Chefe da Delegacia de Polícia Civil em Guarapuava) e já passamos uma prévia do que realmente aconteceu. Foi uma fatalidade culposa.

Após apresentar seu cliente à justiça, o advogado de defesa fez a seguinte afirmação sobre Rodolpho:

Não fugiu no local, prestou atendimento, as pessoas que estavam lá viram ele descer do carro e ligar para o 193. Ele não fugiu do local, tanto que está vindo prestar esclarecimentos à justiça. Ele está muito arrependido, lembra do acidente e estava lúcido. É muita notícia desencontrada, vamos analisar os autos para maiores informações.

Por fim, o advogado foi questionado se Rodolpho estaria alcoolizado e respondeu: “Não estava alcoolizado’.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

ÚLTIMO DIA

Pedidos de obras em túmulos podem ser feitos até hoje em Guarapuava

RETORNO

Guarapuava terá mais de R$ 5 bi com a redistribuição do ISSQN

14ª MORTE

Morre a 14ª vítima de covid-19 nesta segunda (19) em Guarapuava

Comentários