Sindicato pede reabertura de escolas infantis particulares em Guarapuava

Sindicato argumenta que com o retorno das atividades econômicas, mães voltaram ao trabalho e a escola é o local mais seguro em tempo de pandemia

Sindicato pede reabertura de escolas infantis particulares em Guarapuava (Foto: Reprodução/Pixabay)

Um ofício encaminhado ao prefeito Cesar Silvestri Filho (Podemos) nesta semana pede o retorno gradual de escolas privadas de educação infantil em Guarapuava. A cidade possui 18 escolas, das quais 12 são sindicalizadas. A solicitação é do Sindicato das Escolas Particulares do Paraná (Sinepe). Assim como Guarapuava, outros 45 municípios da Regional também estão recebendo a mesma solicitação.

Entre eles, Candói, Pinhão, Laranjeiras do Sul, União da Vitória, Mangueirinha e Manoel Ribas. “Os pedidos foram enviados na segunda, e ontem (28) aos prefeitos e secretários de saúde. Aguardamos um posicionamento ainda para esta semana”.

De acordo com o sindicato, as crianças de zero a cinco anos são as mais afetadas com a suspensão das aulas. O argumento é que o ensino remoto não é indicado para essa faixa de idade. Entretanto, o que mais pesa na justificativa do Sinepe é que com o retorno de atividades comerciais e de outros setores da economia, muitas mães voltaram ao trabalho.

Dessa forma, segundo o Sindicato, elas não têm onde deixar os filhos pequenos. Assim, as crianças acabam ficando sob os cuidados de avós, vizinhos ou cuidadoras, e sem estrutura pedagógica.  Para a presidente do Sinepe no Paraná, Esther Cristina Pereira, o desenvolvimento integral da criança em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social já foi duramente afetado.

“Prolongar isso por tempo indeterminado é colocar em xeque a continuidade da educação delas não apenas em 2020, mas durante toda a vida”. De acordo com o sindicato, os pedidos estão sendo feito aos municípios onde há escolas sindicalizadas.

OS MUNICÍPIOS

Conforme o Sinepe, os municípios listados são: Araucária, Campina Grande do Sul, Campo Largo, Candói, Carambeí, Cascavel, Castro, Chopinzinho, Colombo, Curitiba, Dois Vizinhos, Fazenda Rio Grande, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Guaíra, Guarapuava, Guaratuba, Ibema, Ivaiporã, Jesuítas, Joaquim Távora, Lapa, Laranjeiras do Sul, Mangueirinha, Manoel Ribas, Marechal Cândido Rondon, Palmas, Palmeira, Palotina, Paranaguá, Pato Branco, Pinhais, Pinhão, Pirai do Sul, Piraquara, Ponta Grossa, Pontal do Paraná, Quatro Barras, Rio Branco do Sul, Rio Negro, São José dos Pinhais, São Mateus do Sul, São Miguel do Iguaçu, Telêmaco Borba, Toledo e União da Vitória.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

CURSO TÉCNICO

Ainda dá tempo de garantir uma vaga em um curso técnico do Senac

COVID-19

Universidades federais conduzem 1.260 pesquisas sobre covid-19

INOVAÇÃO

Centro Universitário UniGuairacá lança pós-graduação modular

Comentários