Situação do acesso à Bethânia faz com que jovens espalhem pedra brita com pás

Pedra foi doada por uma empresa, mas sem compactação, jipe encalha e para retirá-lo foi preciso cavar com as mãos por 2h30

Jipe encalha nas pedras britas (Foto: Fernanda Proche)

As precárias condições da estrada, na localidade do Guabiroba, perto da Comunidade Bethânia, em Guarapuava, está dificultando o escoamento de produtos feitos pela comunidade. Porém, sem que a Prefeitura tivesse condições de recuperar a estrada, foi solicitada pedra brita a uma pedreira da cidade. Assim, na última semana, a empresa descarregou duas cargas da pedra. Porém, não espalhou o produto.

Como a comunidade sobrevive de doações e da venda de pães, a coordenação apelou para ‘Amigos de Bethânia’. A empresária Fernanda Proche é um das voluntárias que ‘socorre’ a Comunidade. “Como as pessoas não conseguiam chegar e nem sair do local, pedi que o coordenador Thomas ficasse me esperando no lao de cá da estrada. Viemos até a cidade e entregamos os pães”.

‘Filhos de Bethânia’ espalharam a brita com pás (Foto: Fernanda Proche)

No retorno, os ‘Filhos de Bethânia’, como são chamados os que vivem na comunidade buscando a restauração do vício, com uma pá, espalharam a pedra na estrada. Porém, não houve a compactação para que a brita aderisse ao solo. “Como um carro tinha conseguido passar eu também fui tentar. Porém, o meu carro é mais pesado, por um ser um jipe, e encalhou”.

A alternativa foi cavar com as mãos (Foto: Fernanda Proche)

 

COM AS MÃOS

Conforme Fernanda Proche, nenhum equipamento ou ferramenta entrava debaixo das rodas. A alternativa foi cavar com as mãos. Ficamos das 16h às 18h30 de sábado fazendo isso conseguir tirar o carro”.

Assim, o Portal RSN entrou em contato com o secretário de Obras, Itacir Vezzaro. Ele está em férias na Cidade do México, mas disse por telefone que pediria à sua equipe para ver a situação da estrada.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

 

 

Relacionadas

FESTA

Começa hoje (22) programação de Carnaval no Parque em Irati

CARNAVAL + SOL

Carnaval deve ser de altas temperaturas em Guarapuava

PESCA LIBERADA

Liberadas as pescas amadora e profissional de espécies nativas no PR

Comentários