“Tive que negociar cargos em troca de apoio político”, disse Burko na Praça Cleve

Ex-prefeito foi o único a ter direito à palavra, além da organização do movimento

Vitor Hugo Burko (Foto: RSN)

O ex-prefeito Vitor Hugo Burko foi a atração durante a manifestação de apoio ao Governo Federal, nesse domingo (26), na Praça Cleve, em Guarapuava.

Burko, que deve se filiar ao Democrata, foi o único político a se manifestar na mobilização a convite de um dos líderes do movimento pró Bolsonaro em Guarapuava, Ariel “Xiru”.

O ex-prefeito parabenizou os manifestantes, mas antes disso, relembrou a sua carreira política, ao dizer que está na vida pública desde os 24 anos de idade quando foi eleito vereador e, posteriormente, prefeito por dois mandatos consecutivos.

“Fiz uma campanha pobre, sem grandes envolvimentos, mas tive que negociar cargos em troca de apoios políticos”. De acordo com Burko, ele nunca usou do cargo para obter benefícios próprios. “Nunca me sujei, nunca peguei um centavo, nunca usei o poder em benefício próprio, mas vivi de perto o que era a velha política”.

Segundo o ex-prefeito, Guarapuava ficou oito anos sem recursos dos governos estadual e federal. “Isso porque eu nunca quis devolver dinheiro a deputado, a vender o destino da cidade ou qualquer coisa que fosse”.

Numa espécie de desabafo, disse também que muitas vezes teve vontade de deixar o Brasil. “Tive vontade de ir embora do país. Conhecendo a realidade, deixei de acreditar. A minha fé, a minha esperança e a minha coragem, que até certo ponto eram inabaláveis, quase se exauriram”.

Entretanto, segundo Burko, em 2013 a esperança reviveu. “Em 2013 eu vi o povo vir pra rua aqui mesmo, nesta praça e eu estive aqui, junto com o povo. Fui um dos poucos políticos do Brasil que não foi rechaçado. O povo está reagindo contra quem quer tirar vantagem”.

O ex-prefeito disse ainda que a partir desse movimento, voltou a acreditar no país.

“Agora sei que esse país tem futuro, que alguma coisa vai acontecer não porque existe um salvador da pátria ou porque exista alguém que vai transformar o futuro do país, mas porque o povo se deu conta de que esse país tem futuro a partir do momento em que o povo soube que ele direciona os políticos e não contrário”.

O pronunciamento de Burko, entretanto, provocou a reação negativa de uma das manifestantes. A jovem, que não foi identificada pelo Portal RSN, indignada, teve que ser contida por companheiros para não provocar “saia justa” durante a mobilização. De acordo com testemunhas, a manifestante foi contrária à concessão da palavra a Burko.

 

 

 

Relacionadas

PREVISÃO DO TEMPO

Chuva forte marca primeiro fim de semana de dezembro em Guarapuava

TUDO NO SHOPPING CIDADE DOS LAGOS

Donau Bier e Paulistana Pizza Bar são as opções para o domingo no Shopping

NOVA CONQUISTA

Campo Real recebe Selo Sesi ODS 2020

Comentários