Três pessoas ficam feridas em acidente no Centro de Guarapuava

Ocupantes da moto foram lançados no pátio do Senac que fica na esquina

(Foto: Fábio Luiz Rumbelsper)

Um acidente às 8h desta quinta feira (9) na Região Central de Guarapuava, deixou três pessoas com ferimentos moderados. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o acidente foi na esquina das ruas Padre Chegas com Tiradentes, próximo ao Parque do Lago e envolveu um carro e uma moto.

De acordo testemunhas, o piloto da moto Honda NXR 150 BROS ES Verde, que estava com o irmão na garupa, teria atravessado a preferencial na rua Padre Chagas e acabou sendo atingido pelo GM Celta Branco que descia pela rua Tiradentes.

Com o impacto, a moto e os ocupantes foram jogados contra a grade do Senac que fica na esquina, e lançados dentro do pátio da entidade. Os dois sofreram ferimentos moderados de acordo com os bombeiros. O piloto de 22 anos estava com suspeita de fratura na clavícula. Já o garupa de 19 anos, que é irmão do piloto, sofreu fratura na perna esquerda (canela). Os dois foram socorridos e levados para o Hospital Santa Tereza.

(Foto: Fábio Luiz Rumbelsper)

O motorista do carro de 30 anos estava com muita dor devido a uma contusão do tórax causada pelo cinto de segurança. Também havia suspeita de fratura em uma das pernas. Segundo Fábio Luiz Rumbelsper, técnico em Manutenção do Senac e Brigadista na entidade, os acidentes são quase semanais no local.

(Foto: Fábio Luiz Rumbelsper)

“É preciso mobilizar as autoridades de trânsito, para que voltem as atenções para essa esquina. Já teve caso de vítima fatal no mesmo local. Precisa sinalizar melhor, ou mesmo colocar um sinaleiro. Antes tinham uns olhos-de-gato que ficavam piscando e ajudavam a sinalização da esquina. Mas não sei se foi vandalismo ou o que aconteceu e não existe mais”.

(Foto: Fábio Luiz Rumbelsper)

Fábio conta que como é brigadista e tem treinamento de primeiros socorros para casos de acidentes, ajudou as vítimas antes da chegada dos bombeiros.

“A gente tem treinamento e sabe agir nesses momentos. Até os bombeiros chegarem eu ajudei nos primeiros socorros, auxiliei os bombeiros e o pessoal do Samu na imobilização até a retirada para o atendimento médico”.

 

 

 

 

Relacionadas

PARCERIA

Leandre diz que Cancer Center é 'divisor de águas' e referência estadual

MAIS CONFIRMAÇÕES

Guarapuava confirma 27 novos casos de covid-19 em 24h

AULA INAUGURAL

UniGuairacá dá início às atividades da 2ª turma de mestrado profissional

Comentários