Turvo debate o suicídio com pais de estudantes do município

Programação tem início nesta terça feira (18), com a primeira roda de conversas

Debater o suicídio no ambiente escolar com os pais do estudantes. Essa é ação física inicial realizada pela secretaria de saúde do município de Turvo, nas atividades que integram a programação do setembro amarelo.

Na noite desta terça feira (18), às 19h, uma roda de conversas com psicólogos dialogará com os pais dos alunos das escolas municipais Frida e Elias Abraão e ocorrerá no salão paroquial. Somente nessas instituições escolares, o universo de estudantes é de aproximadamente 700 alunos. Já nesta quarta (19), é a vez da roda de conversas chegar até os colégios estaduais da cidade, reunindo, também, os pais desses estudantes, no mesmo local.

De acordo com o psicólogo Lucas Abreu Cruz, que trabalha na organização das ações em Turvo, o intuito de priorizar esse público para as discussões do tema é incluir também os pais nos debates sobre o suicídio.

“As rodas de conversas apenas com os pais são uma forma de divulgar e propagar uma sensibilização quanto ao tema, cientes de que isso atende à demanda prioritária de casos de suicídio, já que a faixa etária com mais ocorrência está entre jovens de 15 a 29 anos. Queremos estimular os pais a terem um olhar diferenciado sobre seus filhos”, declarou o profissional.

Para atingir o maior número possível de participantes, a equipe de psicólogos também visitará as escolas do interior de Turvo. De acordo com Lucas, nos dias 20, 21 e 26 de setembro, as comunidades do município receberão as rodas de conversa em diferentes períodos.

Além dessa ação e, também, das campanhas veiculadas em rádios e redes sociais do município, no próximo dia 25 haverá uma passeata com blitz informativa sobre o tema, em frente à praça municipal. Finalizando as atividades, no dia 28 de setembro, haverá um trabalho informativo sobre o tema na comunidade Faxinal da Boa Vista.

A ação em Turvo é realizada pela secretaria de saúde, em parceria com a secretaria da família e desenvolvimento social e com a secretaria de educação, cultura e esporte.

Relacionadas

LUTO

Morre aos 88 anos em Guarapuava, o médico Ubirajara Azevedo

NOVOS CASOS

Saúde confirma dois novos casos de covid-19 em Guarapuava

CALORÃO EM GUARAPUAVA

Altas temperaturas marcam o 1º fim de semana da Primavera

Comentários