Turvo soma prejuízo de mais de R$ 1,8 milhão provocado por temporal

Governo Federal liberou a retirada de parte do Fundo de Garantia Por tempo de Serviço, o FGTS, às pessoas atingidas e que tem dinheiro para sacar

*Matéria atualizada às 11h36 para retificação de informação no último parágrafo.

População do município e da região se uniram para ajudar na reconstrução de casas (Foto: Moacir Cruz/Reprodução)

A chuva com rajada de vento e queda de granizo que caiu sobre o município de Turvo, no último dia 24 de agosto, ainda tem marcas da destruição. O prejuízo computado, segundo levantamento feito pela Defesa Civil, é de cerca de R$ 1,8 milhão, porém esse valor pode ser superior. De acordo com Emerson Ribeiro de Campos, coordenador municipal da Defesa Civil, muitos comerciantes preferem não dizer o valor exato das perdas causadas pelo temporal, condição que não permite ter um número real do prejuízo.

Outro dado revela que 1.750 edificações foram danificadas, entre residências e estabelecimentos comerciais. Sete mil pessoas foram atingidas.

“São pessoas que ficaram sem energia elétrica por mais de sete horas e sem telefone por três hora e meia”.

O TEMPORAL

O temporal durou entre cinco e 10 minutos, e começou às 16h do dia 24 de agosto. Nesse pequeno espaço de tempo, os telhados foram esburacados, o vento – de 60 quilômetros por hora, provocou destelhamento e quedas de árvores. As pedras de granizo, responsáveis pela maior destruição, tinham seis centímetros de diâmetro. “Eram do tamanho de uma laranja”.

(Foto: Reprodução)

Pela situação em que a cidade e o interior ficaram, o prefeito Jerônimo Gadens do Rosário decretou estado de emergência, situação que foi reconhecida pelo Governo do Estado e pela Secretaria Nacional de Proteção em Defesa Civil. Por causa disso, o Estado mandou lonas, telhas, kits com material escolar e materiais de limpeza. O Governo Federal liberou a retirada de parte do Fundo de Garantia Por tempo de Serviço, o FGTS, às pessoas atingidas e que tem dinheiro para sacar. Para fazer a liberação, que pode chegar até cerca de R$ 6 mil, representantes da Caixa Econômica Federal estarão em Turvo nesta quinta (6), em reunião, para explicar para a administração como orientar a população sobre os saques.

O temporal no Turvo demonstrou, mais uma vez, a solidariedade das pessoas, principalmente, dos guarapuavanos. O Portal RSN, e entidades, fizeram campanhas de arrecadação de alimentos, agasalhos, roupas e telhas, já entregues aos turvenses.

Relacionadas

ESTAÇÃO COLORIDA

Primavera chega trazendo flores e estiagem ao Paraná

SETE CONFIRMAÇÕES

Sete novos casos de covid-19 são confirmados em Guarapuava

COVID-19

Dois casos de covid-19 foram confirmados em Guarapuava neste domingo

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com