Último fim de semana foi violento em Guarapuava e Região

Homicídio, tentativas de homicídio, violência doméstica, roubo à mão armada 'engrossaram' os boletins de ocorrências policiais

(Foto: Arquivo/RSN)

A polícia teve muito trabalho nesse último fim de semana de 2019 com ocorrências em Guarapuava e Região. Assim, homicídio,  tentativas de homicídio, violência doméstica, roubo à mão armada ‘engrossaram’ os boletins de ocorrência. Em Laranjeiras do Sul, por exemplo, na rua Coronel Guilherme de Paula, quatro adolescentes assaltaram um estabelecimento comercial.

De acordo com a Polícia Militar, num dos casos, em Laranjeiras do Sul, uma funcionária e três clientes foram assaltados por quatro pessoas de estatura baixa, magros, possivelmente adolescentes,  usando blusas com capuz. Um deles tinha uma arma longa do tipo espingarda e outros dois usavam revólveres.

Já em Guarapuava, a vítima estava em sua residência na Rua José Zampier Filho, no bairro Industrial, quando passou um Fiat/ Palio vermelho. Um homem atirou na direção da residência e uma pessoa foi alvejada com um tiro no peito do lado esquerdo. A vítima foi socorrida por vizinhos e levada para a UPA Primavera, posteriormente foi conduzida pela ambulância até o hospital Santa Tereza, para os demais procedimentos.

Também no Bairro Industrial, um homem armado com uma faca estaria ameaçando a mãe e o irmão.Em contato com a mãe do agressor, esta relatou que agressor começou a quebrar vários objetos no interior da residência e a proferir ameaças. Com a faca tentou agredir o próprio irmão, e ao tentar impedir, a mulher levou um golpe de faca na mão que resultou em um corte no dedo indicador da mão direita. O agressor foi preso.

De acordo com a polícia, também em Guarapuava, uma mulher foi agredida e ameaçada de morte pelo esposo, 26 anos. Porém, conseguiu fugir e acionar a polícia. O homem foi preso.

TENTATIVA

Já no município de Goioxim, uma nova tentativa de homicídio movimentou a polícia. De acordo com a vítima, uma pessoa passou atirando em sua casa, na rua Principal, no BNH.

Conforme a vítima, o suspeito seria um homem que brigou com o seu irmão horas antes. Segundo o relatório policial, por volta das 11h30 desse domingo (29), na Rua Laurindo Cordeiro de Souza, o suspeito disse que teria levado tal arma até residência de outra pessoa. Deslocado até o bairro Sapolândia, a polícia encontrou uma espingarda calibre 12 Gauge, sem marca e numeração, de um cano, desmontada e escondida dentro do quarto da residência. Três cartuchos estavam deflagrados.

Em Mato Rico um jovem foi assassinado com golpes de faca no pescoço.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

ALERTA EPIDEMIOLÓGICO

Decreto prorroga manutenção de medidas restritivas até 4 de agosto

PERFIL

Eviviane Ferreira Weiber lança pré-candidatura a vereadora

NEGOCIAÇÃO

Procon expede 'recomendação administrativa' para ensino privado

Comentários