UniGuairacá faz colação de grau especial devido pandemia

Nessa sexta (28), a UniGuairacá promoveu a cerimônia de colação de grau da primeira turma do curso de Odontologia

UniGuairacá faz colação de grau especial devido pandemia (Foto: UniGuairacá)

A primeira turma do curso de Odontologia da UniGuairacá se formou na noite dessa sexta (28) em Guarapuava. Entretanto, a colação de grau seguiu os protocolos de segurança recomendados devido ao momento de pandemia. Conforme pronunciamento do Reitor, Prof. Ms. Juarez Matias Soares, a sessão solene marcou uma data significativa na história dos 15 anos da instituição.

“Foram mais de 10 anos de trabalho. Desde o planejamento, escrita do projeto e implantação de toda estrutura voltada para a área”. Assim, Soares destacou o momento como a materialização de um sonho. Durante a fala, o Reitor enalteceu a dedicação dos precursores.

(Foto: UniGuairacá)

De acordo com o coordenador do curso, professor João Agadir Pinto Junior, os formandos espelham a vitória do corpo docente. Conforme o professor, em poucos anos a Odontologia da UniGuairacá se tornou referência em qualidade.

“Esse é o resultado de muitos anos de preparo. Eu, como coordenador, sinto que me preparei a vida inteira para estar aqui nesse momento. E assim, ver cirurgiões-dentistas muito bem formados e preparados, entrando no mercado de trabalho”.

Durante a cerimônia, a formanda Kamyla Weiber Moreira foi homenageada. Ela apresentou o melhor desempenho acadêmico ao longo do curso. Por isso, recebeu uma bolsa de estudos integral aperfeiçoamento em endodontia.

“A sensação é de muita alegria porque eu não esperava isso. Me sinto feliz e totalmente realizada por receber o diploma e com mérito. Eu amo a odontologia”.

(Foto: UniGuairacá)

FORMANDOS 1º SEMESTRE DE 2020

A instituição promoveu nessa quinta (27), a cerimônia de colação de grau dos formandos do primeiro semestre de 2020. Mas devido à pandemia, a celebração sofreu adaptações. Assim, para evitar aglomeração, as turmas foram divididas em dois grupos.

Além da beca e capelo, todos usaram máscaras e álcool gel para entrar no local. Conforme a UniGuairacá, a estrutura foi dimensionada, com fitas de isolamento que indicaram os caminhos de passagem.

Por fim, cada rito durou cerca de 20 minutos. Logo após o término, uma equipe de limpeza higienizou os pontos de contato.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ENCONTRO INTERNACIONAL

CCBEU promove feira on-line com 100 universidades dos EUA

EDUCAÇÃO EM ALTA

Guarapuava teve o maior crescimento do Paraná na média do Ideb

RESPONSABILIDADE SOCIAL

Alunos de Arquitetura da FG ajudam comunidade com projetos inovadores

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com