Ventos em Laranjeiras do Sul chegaram a 118 Km/h

Fortes ventos derrubaram árvores, danificaram casas e postes de energia elétrica na Região. Pelo menos 41 cidades foram afetadas

Pelo menos 385 casas foram danificadas pelos ventos em todo o Estado (Foto: AENPr)

O temporal que causou danos em Guarapuava na tarde de ontem (30), também afetou diversos municípios da Região. Em Laranjeiras do Sul, casas foram danificadas, árvores caíram e até o Centro de Eventos da cidade ficou destruído com a força do vento que chegou a 118 Km/h.

De acordo com as informações do Corpo de Bombeiros, apesar das dimensões do vendaval não houve registro de feridos. Conforme os bombeiros, uma árvore caiu sobre fios de alta tensão em Laranjeiras do Sul, o que afetou o fornecimento de energia na Região. A falta de luz, afetou ainda o abastecimento de água em algumas cidades.

Assim, pelo levantamento da Defesa Civil do Paraná, pelo menos 666 casas foram danificadas em todo o Estado. Além disso, cerca de 10.590 pessoas foram afetadas em 41 cidades paranaenses. Os dados ainda estão sendo coletados e podem aumentar ainda mais até o fim do dia.

Pelo menos 1,2 milhão de unidades consumidoras da Copel ficaram sem energia elétrica no Estado, quase dois terços delas em Curitiba, Região Metropolitana e no Litoral.

Centro de Eventos de Laranjeiras do Sul também teve danos (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Segundo o boletim da Defesa Civil, 10 pessoas ficaram feridas, uma em Santa Lúcia e nove em Ubiratã. Até às 9h desta quarta (1), 84 pessoas permaneciam desalojadas e 12 desabrigadas.

Em Foz do Iguaçu e em Nova Prata do Iguaçu, 100 imóveis foram danificados, afetando 800 e 400 pessoas em cada cidade, respectivamente, sendo que em Nova Prata 40 pessoas estão desalojadas. Também há pessoas desalojadas em General Carneiro (30), Contenda (7), Fazenda Rio Grande (4) e Pinhais (3).

BOA NOTÍCIA

As ocorrências foram registradas em decorrência de um ciclone extratropical que está sobre o mar na altura do Rio Grande do Sul e do Uruguai. A boa notícia é que os meteorologistas afirmam que não devem ocorrer novos registros de vendaval e chuvas nesta quarta (1). Conforme o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), os ventos perdem intensidade mais ainda com velocidade alta, podendo chegar a 70 Km/h.

Ainda de acordo com as informações dos especialistas, a temperatura deve diminuir consideravelmente a partir do anoitecer e a previsão é de geada pelos próximos três dias na Região.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

OPORTUNIDADE

Inviolável abre vagas para portadores de deficiência em Guarapuava

BAZAR SOLIDÁRIO

Rotary Club Guairacá promove bazar solidário em Guarapuava

MAIS CONFIRMAÇÕES

Saúde confirma 14 novos casos de covid-19 em Guarapuava

Comentários