Voos para Curitiba tem novo horário a partir de segunda

Guarapuava – Nesta segunda-feira, começam a vigorar os novos horários da linha área local. Guarapuava ganhará mais um roteiro: Chapecó-SC. Dessa forma, diariamente serão dois pousos e duas decolagens.
O voo sairá de Curitiba às 9h15, aterrissando aqui às 10h09. Decola 10h24 rumo à cidade catarinense. Às 16h50 sai voo de Chapecó, pousa 17h42 em Guarapuava, chegando às 18h51 em Curitiba.
Desde o início das operações, a Acig (Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava) reivindica mudanças no horário. De acordo com o presidente da associação, Valdir Grigolo, os novos horários trarão melhores condições que as atuais. Isso porque Guarapuava passará a ter conexão direta com duas cidades – Curitiba e Chapecó. Na cidade catarinense haverá a possibilidade de fazer outras conexões, com São Paulo, Florianópolis e Porto Alegre. “Vamos estar mais conectados com a região Sul, com mais opções para vôos nacionais”.
Para quem vem de Curitiba a Guarapuava também haverá melhorias. “Os empresários poderão passar o dia todo aqui e voltar à noite para Curitiba”. Os novos horários também permitirão maior viabilidade da linha. “Abre um leque de possibilidades de uso. A aceitação está sendo boa”.
Grigolo sublinhou a importância da Acig para colocar Guarapuava novamente entre as cinco cidades do Paraná ligadas por linha aérea. “Guarapuava conta com esse meio de transporte, moderno e atual, graças à união dos empresários, Acig e NHT”. As passagens ainda podem ser adquiridas na sede da Acig, a preço promocional.

Nova tabela de horários
Cidade / Saída
Horário de saída
Cidade / Chegada
Horário de chegada

Curitiba
09h15min
Guarapuava
10h09min

Guarapuava
10h24min
Chapecó
11h16min

Chapecó
16h50min
Guarapuava
17h42min

Guarapuava
17h57min
Curitiba
18h51min

Relacionadas

SAÚDE

Municípios da 5ª Regional ainda tem casos de sarampo em investigação

IRREGULARIDADES SANITÁRIAS

Ação de fiscalização multa comerciantes e moradores em Guarapuava

VIOLÊNCIA CONTRA MULHER

Governo adere à campanha de combate da violência contra a mulher

Comentários