Ação “O Brasil conta comigo” já recebeu mais de 105 mil cadastros

A medida distribui os estudantes conforme a cidade em que está o estabelecimento de saúde e o interesse do aluno. O projeto está aceitando inscrições

(Foto: Reprodução/Pixabay)

Até o momento, mais de 1 mil estudantes já foram recrutados pela ação “O Brasil Conta Comigo” e estão exercendo atividades em unidades de saúde. Os acadêmicos são supervisionados e auxiliam no combate ao coronavírus. Já foram contabilizados  mais de 105 mil cadastros de pessoas dispostas a atuar, os alunos de saúde seguem mostrando como ser solidário em tempos de pandemia.

“O Brasil conta comigo” é um projeto inédito, criado com base no cenário atual e recebe a inscrição de universitários matriculados nos cursos de medicina, enfermagem, farmácia e fisioterapia. O intuito é auxiliar os gestores do Sistema Único de Saúde (SUS) quando o assunto são as ações de enfrentamento a covid-19.

O trabalho consiste na atuação para a demanda de serviços de saúde, além do que já é prestado por profissionais da área. Desse modo, os interessados podem se cadastrar no sistema, e se selecionados, recebem uma bonificação enquanto durar a medida. O valor da bolsa varia conforme o número de horas trabalhadas: para 40h R$ 1.045 e para 20h R$ 522,50.

A AÇÃO

Criada pelo Ministério da Saúde com o objetivo de auxiliar os gestores, a medida distribui os estudantes de acordo com o município no qual se encontra o estabelecimento de saúde e o interesse do aluno em atuar.

Segundo a secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Mayra Pinheiro, o projeto é um meio de atribuir ainda mais força para a proteção dos brasileiros em relação ao novo vírus. ” Fortalece também as orientações de segurança pessoal dos profissionais, alunos e seus familiares. Além de auxiliar no cuidado com a comunidade”.

Os selecionados devem passar por uma capacitação antes de atender os pacientes que chegam nos postos, unidades de saúde, hospitais e demais estabelecimentos. Conforme o diretor do Departamento de Gestão da Educação na Saúde, Hélio Angotti Neto, supervisores e estudantes são figuras centrais da ação. “O supervisor compromete-se a orientar para potencializar a cobertura assistencial à população. O aluno apoia o SUS e promove o bem ao próximo, ao cidadão brasileiro”.

O CADASTRO

O “O Brasil conta comigo” ainda está aceitando inscrições. Para se cadastrar é só acessar o site e preencher a “Ficha do Aluno”. Ao ser chamado, por meio de correspondência eletrônica, deve se apresentar em até 48h no estabelecimento de saúde indicado. Além disso, também é possível atuar nas áreas de clínica médica, pediatria e saúde coletiva.

Os estados, municípios e estabelecimentos de saúde privados, sem fins lucrativos, que prestam serviços ao SUS, também devem se cadastrar pelo mesmo site, por meio das secretarias de saúde. As inscrições são feitas na parte acadêmica para preenchimento do formulário “Ficha do Gestor”.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

COMO ASSIM?

Bolsonaro diz que a Amazônia é 'úmida' e 'só pega fogo pelas bordas'

NO TRÂNSITO

Hoje inicia a Semana Nacional do Trânsito em todo o país

NÚMEROS ASSUSTADORES

Insegurança alimentar cresce e atinge mais três milhões de pessoas

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com