Adolescentes de Boa Ventura estão construindo a “Cidadania da Paz”

Projeto tem como objetivo tornar os jovens protagonistas de ações que trarão benefícios para a sociedade

45 jovens de Boa Ventura de São Roque estão participando do projeto “Construindo Cidadania da Paz”, iniciativa que está capacitado jovens a serem os protagonistas de ações, campanhas, campeonatos esportivos e muitos outros temas que trarão benefícios para a sociedade. O projeto, que é baseado em um modelo de combate às drogas que começou na Islândia, é realizado pela rede compartilhada de enfrentamento do município, envolvendo assistência social, saúde e esporte. O projeto conta com o apoio da deputada estadual Cristina Silvestri e também da Secretaria de Esportes do Estado do Paraná.

(Foto: Ascom)

Nesta fase piloto, o projeto está sendo desenvolvido com jovens entre 15 e 17 anos do Colégio Estadual Adônis Morski. De acordo com Giovani Jaskulski, psicólogo responsável pelo projeto e assessor da deputada Cristina, o modelo em que a iniciativa se baseia vem apresentando ótimos resultados na Islândia, o que motiva a realização do modelo similar no município.

“Já é comprovado que a prevenção é o melhor caminho para o combate às drogas. Agora se discute muito sobre o que fazer para que a prevenção seja efetiva. E este trabalho, que chamamos de construção de cidadania da paz, já é comprovadamente um ótimo meio, justamente, para prevenir”.

(Foto: Ascom)

O projeto foi iniciado em outubro deste ano e seguirá em sua fase piloto até o ano que vem, quando deve começar a ser estendido para outras instituições. Como parte das atividades desenvolvidas na iniciativa, estão palestras nas escolas, produção e apresentação de peças teatrais, caminhadas contra ao uso de drogas, entre outras. Para as ações deste final de ano, está previsto um campeonato esportivo nesta quarta feira (06) e na próxima sexta (08) uma apresentação teatral. Na quarta (13) da semana que vem também será realizado um trabalho de solidariedade.

“Todas as atividades são pensadas para que os jovens percebam o valor e o peso que as atitudes sociais positivas tem na sociedade”, explicou Giovani.

Relacionadas

ACUMULADA

Mega-sena pode pagar R$ 39 Milhões neste Sábado (16)

GUARAPUAVA

Crianças atendidas pelo Serviço de Convivência participam de confraternização

SOLIDARIEDADE

Idosa precisa de medicamentos e pede ajuda da comunidade

Comentários