Burko diz que área de transbordo é segura e que estocagem de agrotóxico oferece risco maior

Guarapuava – O diretor-presidente do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Vitor Hugo Burko (foto) disse à Rede Sul de Notícias, após uma vistoria técnica na EcoSer, que a atividade de transbordo de lixo hospitalar instalada na Colônia Samambaia em Entre Rios não oferece nenhum risco à comunidade.
Burko e os vereadores Gilson Amaral (DEM), Eva Schran (PHS) e Fernando Alberto dos Santos (PP) estiveram nesta sexta-feira, dia 12, no local.
A empresa de propriedade de Sigrid Essert está sendo contestada por moradores das colônias suábias. Sigrid já esteve na Câmara de Vereadores expondo a sua atividade e uma audiência pública foi realizada na Colônia Vitória para ouvir a comunidade. Esse evento foi marcado por um movimento contrário à instalação da empresa em Entre Rios.
Segundo Burko, a atividade de transbordo não oferece perigo. “A empresa está dentro das normas legais e muito melhor equipado do que outras que existem por aí”, avaliou.
“As bombonas chegam e saem lacradas e lavadas são aqui”, observou.
De acordo com o ambientalista, a polêmica foi gerada porque as pessoas entenderam que ali seria instalado um incinerador de lixo hospitalar e, posteriormente, ganou corpo e se transformou num grande problema.
Ele garante também que o banhado existente no local está a 80 metros da sede da empresa e não corre nenhum risco de contaminação.
“Se fosse um incinerador os procedimentos seriam diferentes e exigiria um processo complexo. É o mesmo procedimento para uma hidrelétrica e a empresária em nenhum momento solicitou um incinerador”, explicou.
Para Burko, a estocagem de agrotóxicos oferece um risco bem maior do que a atividade explorada pelo EcoSer. “A atividade de suinocultura também é bastante conflitiva porque há pessoas que não a querem por perto, mas entendemos que é necessária”, diz.

Relacionadas

UTILIDADE PÚBLICA

Energisa divulga desligamento programado para Guarapuava

MAIS UMA MORTE

Após 28 dias desde os primeiros sintomas, morre 76º paciente

PROST

Quiosque da Brahma surge repaginado no Shopping 'Cidade dos Lagos'

Comentários