Caixa libera consulta a saque emergencial do FGTS em aplicativo

A partir de hoje, também é possível informar que não deseja receber valor do saque. O trabalhador poderá indicar que não deseja receber o saque emergencial

Os primeiros beneficiados com o saque do FGTS são os nascidos no mês de janeiro (Foto: Agência Brasil)

A Caixa liberou hoje (19) as consultas do valor e da data do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de até R$ 1.045 por trabalhador. A informação é da Agência Brasil, e afirma que a consulta pode ser feita no aplicativo do FGTS e Internet Banking da Caixa. O calendário está disponível no site da Caixa.

A partir de hoje, também é possível informar que não deseja receber valor do saque. Segundo a Caixa, o trabalhador poderá indicar que não deseja receber o saque emergencial do FGTS até 10 dias antes do início do seu calendário de crédito. Portanto, para os nascidos em janeiro, os primeiros a receber o crédito (no dia 29 deste mês), já é possível fazer essa solicitação.

No último dia 13, a Caixa divulgou o calendário de pagamento. A ação faz parte do conjunto de medidas de enfrentamento aos impactos causados aos trabalhadores pela pandemia de coronavírus.

Desse modo, cerca de R$ 37,8 bilhões serão liberados para aproximadamente 60 milhões de trabalhadores. De acordo com a MP, o valor do saque é de até R$ 1.045 por trabalhador, considerando a soma dos saldos de todas as suas contas do FGTS.

CALENDÁRIO

Ainda de acordo com as informações, o crédito dos valores do Saque Emergencial FGTS tem início em 29 de junho de 2020, para os nascidos em janeiro, e será por meio da poupança social digital, aberta automaticamente pela Caixa em nome dos trabalhadores.

Contas digitais do tipo já vinham sendo utilizadas para o pagamento do auxílio emergencial relacionado à pandemia do novo coronavírus, de R$ 600. Com a aprovação da medida provisória, o uso desse tipo de conta fica ampliado também para o saque do FGTS. E ainda, o depósito de diversos benefícios sociais e emergenciais, inclusive pelos governos estaduais e municipais.

Conforme a Agência Brasil, o cronograma de pagamento foi estabelecido com base no mês de nascimento do trabalhador. Além disso, contém a data que corresponde ao crédito dos valores na conta poupança social digital.E ainda quando os recursos poderão ser utilizados em transações eletrônicas, E por fim, a data a partir de quando os recursos estarão disponíveis para saque em espécie ou transferência para outras contas.

CANCELAMENTO DE CRÉDITO AUTOMÁTICO

Assim, o trabalhador poderá indicar que não deseja receber o saque emergencial do FGTS até 10 dias antes do início do seu calendário de crédito na conta poupança social digital, para que sua conta do FGTS não seja debitada.

Caso o crédito dos valores tenha sido feito na poupança social digital do trabalhador e essa conta não seja movimentada até 30 de novembro de 2020, os valores corrigidos serão retornados à conta do FGTS.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

VOLTA AO TRABALHO

Após reuniões sindicais, greve dos Correios acaba oficialmente

COMO ASSIM?

Bolsonaro diz que a Amazônia é 'úmida' e 'só pega fogo pelas bordas'

NO TRÂNSITO

Hoje inicia a Semana Nacional do Trânsito em todo o país

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com