Campanha alerta para risco de crescimento do trabalho infantil

Entre as ações, os rappers Emicida e Drik Barbosa lançam, em 9 de junho, música inédita sobre o tema, intitulada "Sementes"

Entre as ações, os rappers Emicida e Drik Barbosa lançam música inédita sobre o tema (Imagem: Divulgação)

Nesta quarta (3) começa a veicular a campanha nacional contra o trabalho infantil. A iniciativa tem o intuito de alertar para o risco do crescimento da exploração do trabalho infantil, principalmente, quando se fala do cenário atual. Entre as ações promovidas pelo projeto está o lançamento da música inédita sobre o tema, intitulada “Sementes”, dos rappers Emicida e Drik Barbosa.

Além da canção que vai ser lançada nos aplicativos de streaming, um videoclipe da faixa chega, na mesma data, no canal de Youtube do Emicida. A música deveria ter sido lançada nessa terça (2), mas o adiamento foi previsto por uma adesão ao movimento mundial antirracista #blackouttuesday em protesto pelos acontecimentos recentes que resultaram na morte de pessoas negras.

Tendo como fio condutor uma mensagem contra o trabalho infantil, “Sementes” é mais um dos temas que giram em torno desta grande manifestação antirracista. Assim, é importante lembrar que o trabalho infantil é majoritariamente exercido por crianças e adolescentes negros, por isso a urgência de aderir a esta pausa.

A campanha nacional foi lançada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e está alinhada à iniciativa global proposta pela Organização Internacional do Trabalho (OIT). O objetivo é conscientizar a sociedade e o Estado sobre a necessidade de maior proteção a esta parcela da população, com o aprimoramento de medidas de prevenção e de combate ao trabalho infantil.

CAMPANHA

Entre as atividades previstas está a exibição de 12 vídeos nas redes sociais com histórias reais. Está prevista ainda a veiculação de podcasts semanais para reforçar a necessidade aprimoramento das ações de proteção a crianças e adolescentes neste momento crítico.

Para marcar o Dia Internacional de Combate ao Trabalho Infantil, 12 de junho, haverá um webinar nacional que será transmitido pelo canal do Tribunal Superior do Trabalho no Youtube. O projeto vai debater questões como o racismo no Brasil, o trabalho infantil no contexto da Covid-19 e os desafios da temática pós-pandemia.

CENÁRIO

De acordo com a OIT, antes da disseminação da Covid-19, quase 100 milhões de crianças haviam sido resgatadas do trabalho infantil até 2016. A campanha mundial pede aos países para que incrementem políticas públicas de proteção visando assegurar os direitos fundamentais de crianças e adolescentes.

Conforme o diretor do Escritório da OIT no Brasil, Martin Georg Hahn, a pandemia e a crise econômica têm um grande impacto na vida e nos meios de subsistência das pessoas. “Para muitas crianças, adolescentes e as famílias, a crise significa uma educação interrompida, doenças, a potencial perda de renda familiar e o trabalho infantil. Não podemos deixar ninguém para trás”.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

COMO ASSIM?

Bolsonaro sanciona lei que obriga uso de máscaras em locais públicos

DURANTE A PANDEMIA

Crédito emergencial para setor audiovisual é aprovado no Brasil

CIRANDA

Bolsonaro confirma Renato Feder para o Ministério da Educação

Comentários