Campo Real completa 18 anos de excelência em ensino em Guarapuava e região

Em outubro de 2000, instituição lançava sua primeira graduação em Guarapuava e região

Instituição cresceu e auxiliou, também, no desenvolvimento de um dos bairros de Guarapuava, o Santa Cruz (Foto: Divulgação)

Há exatos 18 anos, em Guarapuava, era dado o ponta pé inicial para o que hoje é uma das maiores instituições de ensino superior do município e da região. O agora Centro Universitário Campo Real começou com a implantação da Faculdade de Direito, em outubro de 2000. De lá para cá, a qualidade dos serviços educacionais prestados, permitiu a formação de milhares de profissionais de diversas áreas de atuação, que hoje ocupam lugares de destaque no mercado de trabalho.

“Visando sempre o melhor do ensino superior e o compromisso sério com a sociedade, a Campo Real se destaca como referência no ensino superior, impactando diretamente no desenvolvimento de Guarapuava e região”, explica a pró-reitora acadêmica, a professora Patrícia Melhem Rosas.

De acordo com Patrícia, a instituição nasceu da vontade de tornar Guarapuava um polo de ensino, pensando em propiciar aos estudantes de Guarapuava, de regiões vizinhas e de outras localidades brasileiras, uma formação educacional capaz de responder às exigências do mercado.

“Nós pensamos, além de tudo, no benefício da sociedade. Lá no começo foi identificado aqui na região a necessidade de ampliação das opções de ensino, que até então contava apenas com uma universidade estadual”.

Na época, os estudantes de Guarapuava e região se dirigiam, em sua maioria, até a capital do estado, a fim de buscarem formação em cursos de graduação.

Mesmo quando abrimos o curso de Direito, muitas pessoas ainda optavam por cursarem fora de Guarapuava. Hoje a realidade não é essa. Nos concretizamos como polo e conquistamos a confiança de quem é daqui, da nossa região.

CONQUISTAS RECENTES

Em julho deste ano, a então Faculdade Campo Real recebeu, pelo Ministério da Educação (MEC), o título de Centro Universitário. O credenciamento foi obtido após um criterioso processo de avaliação, que comprovou, mais uma vez, a qualidade do ensino superior ofertado pela instituição.

“Outra conquista recente foi o curso de medicina, tão esperado pela região. Além dos dois cursos mais recentes, fisioterapia e contábeis, que vão ter seu primeiro vestibular agora”, relembra Patrícia, ressaltando que, atualmente, a instituição oferta 17 cursos de graduação.

“O momento é de gratidão e de responsabilidade. Gratidão aos nossos alunos, pela confiança de sempre, e a responsabilidade é de continuarmos trabalhando para mantermos nossa região como um polo educacional de excelência”.

Relacionadas

PROGRAME-SE

'Trenzinho da Luz' oferece passeio gratuito pela 'Cidade dos Lagos'

MORADIA

Famílias recebem casa própria em Santa Maria do Oeste

CANDÓI

Manifestação pede que lei contra maus tratos de animais seja cumprida

Comentários