Campo Real completa 18 anos de excelência em ensino em Guarapuava e região

Em outubro de 2000, instituição lançava sua primeira graduação em Guarapuava e região

Instituição cresceu e auxiliou, também, no desenvolvimento de um dos bairros de Guarapuava, o Santa Cruz (Foto: Divulgação)

Há exatos 18 anos, em Guarapuava, era dado o ponta pé inicial para o que hoje é uma das maiores instituições de ensino superior do município e da região. O agora Centro Universitário Campo Real começou com a implantação da Faculdade de Direito, em outubro de 2000. De lá para cá, a qualidade dos serviços educacionais prestados, permitiu a formação de milhares de profissionais de diversas áreas de atuação, que hoje ocupam lugares de destaque no mercado de trabalho.

“Visando sempre o melhor do ensino superior e o compromisso sério com a sociedade, a Campo Real se destaca como referência no ensino superior, impactando diretamente no desenvolvimento de Guarapuava e região”, explica a pró-reitora acadêmica, a professora Patrícia Melhem Rosas.

De acordo com Patrícia, a instituição nasceu da vontade de tornar Guarapuava um polo de ensino, pensando em propiciar aos estudantes de Guarapuava, de regiões vizinhas e de outras localidades brasileiras, uma formação educacional capaz de responder às exigências do mercado.

“Nós pensamos, além de tudo, no benefício da sociedade. Lá no começo foi identificado aqui na região a necessidade de ampliação das opções de ensino, que até então contava apenas com uma universidade estadual”.

Na época, os estudantes de Guarapuava e região se dirigiam, em sua maioria, até a capital do estado, a fim de buscarem formação em cursos de graduação.

Mesmo quando abrimos o curso de Direito, muitas pessoas ainda optavam por cursarem fora de Guarapuava. Hoje a realidade não é essa. Nos concretizamos como polo e conquistamos a confiança de quem é daqui, da nossa região.

CONQUISTAS RECENTES

Em julho deste ano, a então Faculdade Campo Real recebeu, pelo Ministério da Educação (MEC), o título de Centro Universitário. O credenciamento foi obtido após um criterioso processo de avaliação, que comprovou, mais uma vez, a qualidade do ensino superior ofertado pela instituição.

“Outra conquista recente foi o curso de medicina, tão esperado pela região. Além dos dois cursos mais recentes, fisioterapia e contábeis, que vão ter seu primeiro vestibular agora”, relembra Patrícia, ressaltando que, atualmente, a instituição oferta 17 cursos de graduação.

“O momento é de gratidão e de responsabilidade. Gratidão aos nossos alunos, pela confiança de sempre, e a responsabilidade é de continuarmos trabalhando para mantermos nossa região como um polo educacional de excelência”.

Relacionadas

IRREGULARIDADE

Cautelar do TCE-PR determina que Irati melhore transparência de licitações

FEZINHA

Mega Sena pode pagar R$ 2,5 milhões

PIONEIRO

Paraná regulamenta biosseguridade em granjas de suínos

Comentários