Carli diz que não há parceria com a Câmara

Guarapuava – O prefeito Fernando Ribas Carli deu a entender que o tom da sua administração continuará sendo o mesmo.
“Cada um tem o seu estilo e não vou mudar o meu”, afirmou quando questionado se manteria as ações e compromissos assumidos pelo prefeito interino Jorge Massaro.
Carli não gostou nenhum pouco quando foi questionado se manteria a aproximação com a Câmara iniciada por Massaro. Em 32 dias em que se manteve como prefeito interino Massaro foi à Camara, em visita oficial ao bloco parlamentar de oposição, por duas vezes. Foi conversar e debater assuntos de interesse da comunidade. Não deixou de participar de eventos realizados na Câmara como a sessão comemorativa aos 19 anos da Unicentro. Massaro recebeu os vereadores e entidades no gabinete.
Já para Carli, não existe parceria com a Câmara e o relacionamento dadopor Massaro não passou de “visitas. Não aprovaram nada”, reagiu o prefeito.
Ele critica a não aprovação de projetos de lei, principalmente o que prevme cerca de R$ 6 milhões em créditos adicionais especiaias. “Tenho dinheiro e não posso fazer obras porque a Câmara não permite e a população precisa saber disso”, afirmou durante a entrevista coletiva de ontem, terça-feira.
O bloco parlamentar de oposição tem outra interpretação. “Aqui nada mais se aprova no afogadilho. Nenhum projeto será aprovado sem antes ser analisado e o que é de interesse da população estamos liberando”, diz o presidente Admir Strechar (PMDB).
Carli diz que mantém um “relacionamento gentil” com a Câmara e lembrou que almoçou com Strechar durante a abertura da Expocharolês na última sexta-feira. “Se não gostam do Carli até entendo, mas o que a Câmara não pode fazer é prejudicar a população”, disse.
“Não é isso que acontece. Há recursos que estão listados nos projetos de leis e que nem mesmo o contador geral do município soube explicar do que se trata. Se o contador não sabe, por que temos que aprovar sem saber do que se trata? Não vamos fazer isso”, ratifica Strechar.

Relacionadas

NOVA MEDIDA

TSE suspende consequências para quem não votou nas eleições de 2020

HOMENAGEM PÓSTUMA

Prefeito decreta luto oficial de três dias pela morte de Bosco

Carreata pede 'impeachment' de Bolsonaro também em Guarapuava

Comentários