Carli Filho tem que apresentar defesa nesta sexta contra cassação de mandato

Guarapuava – O prazo para que o deputado Fernando Carli Filho (PSB) se defenda junto a Comissão de Ética da Assembleia Legislativa do Paraná e tente impedir a cassação do seu mandato está com as horas contadas. O último dia é nesta sexta-feira, dia 29.
A Corregedoria da Casa já enviou notificação ao deputado que continua internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.
No gabinete do parlamentar em Curitiba apenas uma funcionária disse estar trabalhando. Os demais assessores, segundo ela, estavam fora do gabinete. Ela não soube dar informações.
Carli é acusado por dirigir em alta velocidade, com a carteira de motorista cassada e alcoolizado na madrugada do dia 7 de maio, quando provocou um acidente de trânsito que deixou dois jovens mortos, no bairro Mossunguê na capital do Estado.
Se a Assembléia Legislativa julgar que a tragédia representou também quebra de decoro parlamentar, Carli Filho pode ter o mandato cassado. ESta seria a primeira vez que deputado cassam um colega de Casa no Paraná.
SE Carli Filho não cumprir a determinação dentro do tempo previsto, não significa que haverá cassação imediata, segundo o deputado Stephanes Jr, que faz parte da Comissão da Assembléia que vai julgar o processo de cassação.
Ele acredita que Carli Filho apresente sua defesaem cima da hora.

Relacionadas

AGORA FOI

Bolsonaro anuncia Milton Ribeiro como novo ministro da Educação

DESENVOLVIMENTO

Novo contorno rodoviário consolida Pato Branco como polo do Sudoeste

MOBILIZAÇÃO

Campanha nacional "Fora, Bolsonaro" tem início nesta sexta (10)

Comentários