Casal é detido acusado de maus tratos em Guarapuava

O Conselho Tutelar encontrou dois irmãos que teriam sido agredidos pelo pai e pela madrasta. O menino possuía cicatrizes de agressões anteriores

O casal foi detido e levado para a delegacia prestar esclarecimentos (Foto: Ascom/PM)

Uma denúncia levou a Polícia Militar e o Conselho Tutelar a uma casa na rua dos Jornalistas no bairro Morro Alto em Guarapuava, onde um menino de 10 anos e uma adolescente de 14 anos teriam sido agredidos pelo pai, de 31 anos e pela madrasta, 31 anos. A ocorrência foi registrada na manhã desse domingo (26).

De acordo com o relato, os conselheiros tutelares foram informados de que a criança e a adolescente eram submetidos à maus tratos, agressões e trabalho infantil. No local, o homem informou que teria surrado os filhos, depois que eles fugiram de casa no sábado (25).

Desse modo, os conselheiros verificaram as lesões, e a menina estava com hematomas nos dois braços e na região dos seios. Além disso, o menino apresentava cicatrizes de agressões anteriores. Conforme o relato, os irmãos relataram aos conselheiros e aos policiais o que ocorria na casa e o que os motivou a fugir.

Assim, disseram que a madrasta os deixou cozinhando uma quirera, porém a menina colocou muita água. E então, a mulher de 31 anos ameaçou os dois, e por isso eles fugiram. Eles foram encaminhados para a 14ª SDP para esclarecimentos. Eles não tiveram os nomes divulgados pela polícia.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ELEIÇÕES 2020

Burko continua em campanha, diz assessoria jurídica da coligação

CONFIRMADO

Burko encontra-se inelegível, sentencia Justiça Eleitoral

NOVO BOLETIM

Guarapuava confirma cinco novos casos de covid-19 no município

Comentários