Chuvas do fim de semana ajudaram a lavoura, mas danificaram estradas

Em Guarapuava e Região, as chuvas tiveram pontos positivos e negativos. Para a agricultura, elas foram favoráveis mas dificultaram o acesso

Chuvas do fim de semana ajudaram a lavoura, mas dificultaram o acesso (Foto: Arquivo/RSN)

As chuvas deste último fim de semana tiveram pontos positivos e negativos para Guarapuava e Região. Isso porque alguns municípios ficaram com dificuldades de acesso, ou até mesmo possibilidade de inundação, como é o caso de Irati. Contudo, para muitas lavouras da Região, o tempo chuvoso colaborou com a recuperação da safra.

Na sexta (4), Guarapuava atingiu 36 milímetros de chuva. No sábado (5), a chuva veio com força, registrando 80 milímetros de chuva. E no domingo, o tempo continuou chuvoso, marcando 2 milímetros.

A previsão para os próximos dias em Guarapuava é de chuva na quarta (9) e sol nos outros dias. Hoje (7), conforme a Simepar, calcula uma precipitação acumulada de 1.2 milímetros e mínima de 15º C e máxima de 26ºC. Já na terça (8), o sol chega para ficar, com máxima de 28ºC e mínima de 15ºC. E não há probabilidade de chuva.

Mas na quarta (9), pode chover e a previsão do Simepar é de 2.6 milímetros de chuva. E a máxima prevista é de 27ºC e mínima de 16ºC. Já na quinta (10), o tempo pode ficar mais estável, com máxima de 28ºC e mínima de 16ºC. Na sexta (11), a máxima prevista é de 30ºC e mínima de 16ºC.

AGRICULTURA

Conforme Dirlei Antonio Manfio, técnico agropecuário do Núcleo Regional de Guarapuava, que pertence à Secretaria da Agricultura e do Abastecimento (Seab), as chuvas para o campo foram favoráveis. “As lavouras estavam precisando de água para poderem se recuperar. Além disso, vertentes e rios puderam se reabastecer. Entretanto,as estradas foram danificadas”.

Já em Rio Bonito do Iguaçu, o granizo prejudicou as lavouras. E mesmo com as culturas de inverno como trigo e cevada finalizadas, a previsão de chuvas é importante para as próximas colheitas. De acordo com Manfio, Guarapuava e Região colherão batata na próxima semana e as chuvas podem atrasar a colheita. Já em Prudentópolis, se as chuvas ficarem por aproximadamente 10 dias, a colheita de feijão marcada para os dias 13 e 14 serão afetadas. Isso porque a forte chuva compromete a qualidade do grão.

IRATI

No município de Irati, a Defesa Civil ficou em alerta. No sábado (5), o município registrou fortes chuvas durante todo o dia. Algumas ações pontuais já foram atendidas e equipes do Corpo de Bombeiros e a Prefeitura estão de prontidão se houver necessidade de intervenção. Uma das áreas que traz maior preocupação é a Região da Vila Nova/Lamil, onde o rio das Antas se encontra próximo a altura da rua, perto de sair da caixa.

As pessoas que moram próximo estão apreensivas e acompanham a todo o momento como está a vazão. Não há ao certo a medição do quanto choveu em Irati. Mas a Defesa Civil acredita que o volume chegou perto de 100 milímetros no sábado (5). Conforme a Simepar, para o domingo (6) estavam previstos 22 milímetros.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

MAIS FACILIDADE

Sanepar permite parcelamento em até 60 vezes para dívidas

LUTO

Morre nesta segunda (18) a empresária Aline Pires em Guarapuava

VAMOS PARTICIPAR?

Usina de Conhecimento abre inscrições para oficinas em Guarapuava

Comentários