Com o risco de fechar as portas, Albergue de Guarapuava organiza festa para arrecadar fundos

Festa em prol da entidade ocorrerá no dia 9 de dezembro. Fichas e cartelas já estão à venda

A situação financeira do Albergue Noturno Frederico Ozanam de Guarapuava é calamitosa. A informação é do integrante do Conselho do Albergue, Daniel Dalzoto, que declarou ao Portal RSN que a entidade está “prestes a encerrar as atividades caso não possamos quitar vários débitos, entre eles trabalhistas, empréstimos e de manutenção básica”, declarou.

Realizando um atendimento semanal comunitário de 40 a 60 pessoas, os gastos mensais do Albergue giram em torno de R$ 12 mil entre pagamento de empregados, comida, energia elétrica e outros gastos. Segundo Daniel, a quitação desse montante nos últimos meses só foi possível graças “ao empenho de todos os vicentinos de cidade, a doações da população e principalmente ao auxílio da Mitra Diocesana, financeiro e de comunicação, solicitando assim doações da população”.

(Foto: Divulgação)

A situação crítica da entidade foi agravada a partir da suspensão do repasse de verba da Prefeitura, ocorrido em agosto de 2017, devido a necessidade de inscrição do Albergue junto ao Conselho Municipal de Assistência Social. A medida necessita de alteração no estatuto da entidade, que não foi concluída até o momento, também em virtude de questões financeiras.

“Quitação de débitos com a receita federal, INSS, questões trabalhista e contratação de equipe técnica que a prefeitura exigiu”, diz Daniel.

Tudo isso corroborou para que a entidade agravasse ainda mais sua situação. De acordo com o secretário de Assistência Social de Guarapuava, Ari Marcos Bona, a equipe da prefeitura atua na assessoria junto a entidade para que todos os procedimentos legais sejam concluídos até o final deste ano e que, a partir de 2019, o Albergue possa retornar a receber auxílio financeiro da administração.

“Pela vontade do município, a situação já estaria resolvida. Temos esse problema em virtude da própria situação do Albergue, mas estamos orientando como podemos para que tudo se resolva”, declarou.

De acordo com o secretário, quando a parceria for reestabelecida, a previsão é que o repasse mensal da Prefeitura para o Albergue totalize R$ 10 mil.

FESTA EM PROL DO ALBERGUE

Enquanto os entraves burocráticos impedem tal parceria, a entidade precisa de ajuda. Por isso, a Festa em prol do Albergue já está vendendo fichas para churrasco e cartela de Show de Prêmios. O evento será realizado no dia nove de dezembro, na Catedral Nossa Senhora de Belém. Na programação da Festa, haverá missa às 10h30 na Catedral, churrasco ao meio dia, bingos e barracas a partir das 13h e sorteio do Show de Prêmios às 16h.

De acordo com Daniel, a venda das cartelas e do vale churrasco ocorre no próprio albergue e nas secretarias paroquiais de toda a diocese. Além disso, a Rádio Cultura e a secretaria da Catedral também são pontos de vendas. As fichas e cartelas podem ser adquiridas até o final Festa pelo valor de R$ 35 para o churrasco e R$ 10 para o Show de Prêmios.

Relacionadas

NÃO PARA

Saúde de Irati registra mais uma morte por covid-19

VAMOS PARTICIPAR?

Oficina on-line de ginecologia natural ocorre neste sábado (28)

QUE VENHA DEZEMBRO

Último fim de semana de novembro será chuvoso em Guarapuava

Comentários