Começar de Novo: campanha promocional termina nesta terça-feira

Brasília – A campanha televisiva e radiofônica do Projeto Começar de Novo se encerra nesta terça-feira (12/01). Diversas emissoras de rádio e tevê veicularam, desde o dia 1º de novembro de 2009, as peças midiáticas produzidas sobre o projeto. A campanha entrou em uma segunda fase promocional e ganhou adesão de vários segmentos da sociedade. Foi veiculada gratuitamente pelas maiores emissoras de rádio e tevê do país, além de estar disponível no canal do Conselho Nacional de Justiça no Youtube ( www.youtube.com/cnj ). Apesar do término da divulgação da campanha nas emissoras, o conteúdo publicitário continuará disponível no portal do Conselho ( www.cnj.jus.br) para divulgação. Os interessados em reproduzi-las podem baixar o conteúdo de banners, spots para rádio e videotapes (vts) para vídeo no portal.
Com o slogan “Errar é humano. Ajudar quem errou é mais humano ainda”, a campanha foi dividida em duas fases para abordar a importância e os benefícios de oportunidades de emprego para melhorar e modificar a vida dos ex-detentos. A primeira etapa foi veiculada entre os dias 1º e 27 de novembro, e a segunda, de 13 de dezembro até esta terça-feira (12/01). Em ambas as veiculações é mostrado o dilema do preso entre o trabalho ou o retorno ao mundo do crime.
Neste período também foi divulgado o programa Portal de Oportunidades, voltado para recolocação profissional dos presos e egressos. Os interessados em dar oportunidade de trabalho aos ex-detentos podem cadastrar as ofertas no portal eletrônico do Conselho. As vagas serão informadas aos egressos por meio dos conselhos comunitários, entidades previstas em lei para fiscalizar a execução de penas. As empresas interessadas em oferecer vagas aos presos e egressos podem entrar em contato com o Conselho pelo e-mail comecardenovo@cnj.jus.br Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ou pelos telefones (61) 3217-6787 (61) 3217-6788 e (61) 3217-6789.
O Projeto Começar de Novo do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) tem como objetivo a reinserção social e no mercado de trabalho dos presos libertados após o cumprimento de penas, além da redução do preconceito aos ex-presidiários. A campanha promocional tem como parceiros a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e TV (Abert), que enviou os spots e vídeos para 2.600 emissoras de rádio e 300 de tevê associadas, a Empresa Brasil de Comunicação (EBC), a Associação Nacional de Jornais (ANJ), a Confederação Nacional da Indústria (CNI), a Caixa Econômica Federal e a Federação Brasileira de Bancos (Febraban ).

EN/MM
Agência CNJ de Notícias

Relacionadas

TRABALHO POLICIAL

Polícia Civil prende acusado de matar Juliano Palácio de Ramos

TRÁFICO DE DROGAS

PM prende jovem por tráfico de drogas e porte de armas em Guarapuava

AGREDIDO INJUSTAMENTE

Homem é agredido e acusado de furto de lojas de roupa em Guarapuava

Comentários