Comunicação da Unicentro conquista terceiro prêmio em um mês

Guarapuava – A área de Comunicação Social da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) conquistou mais um prêmio acadêmico em 2009, o terceiro em menos de um mês. Desta vez, o chamado Grupo de Guarapuava, composto por professores do Departamento de Comunicação Social que atuam também em outras unidades da instituição, na área administrativa, venceu a categoria Grupo Inovador do Prêmio Luiz Beltrão de Ciências da Comunicação, a mais importante honraria do gênero no Brasil e de grande destaque na América do Sul.
Outorgado anualmente pela Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom, entidade com 32 anos de atuação) a pesquisadores e instituições científicas, o Luiz Beltrão será entregue ao Grupo de Guarapuava em cerimônia no próximo dia 6 de setembro, em Curitiba, durante o congresso anual da entidade, que deverá reunir cerca de 5 mil pessoas.
“Trata-se de um grupo jovem, constituído por professores e pesquisadores da Comunicação, cujo potencial pode ser avaliado pelo ritmo intenso de atividades acadêmicas no último quinquênio, estimulando a produção científica dos alunos e docentes, publicando livros e realizando eventos de caráter nacional ou regional”, diz a professora Maria Cristina Gobbi, coordenadora nacional do concurso. “Além disso, o Grupo de Guarapuava tem se feito representar nos principais fóruns acadêmicos do campo comunicacional, inscrevendo trabalhos e sensibilizando as novas gerações para o valor da pesquisa, sem deixar de manter sintonia com as aspirações da sociedade local”, afirma.
Além da equipe de Guarapuava (cuja base é o grupo de pesquisa Processos Midiáticos Eletrônicos e Impressos), venceram o Luiz Beltrão deste ano a professora Nélia Del Bianco (Universidade de Brasília/UnB, na categoria Liderança Emergente), a Biblioteca Nacional (como Instituição Paradigmática) e o professor Ismail Xavier (Universidade de São Paulo/USP, na categoria Maturidade Acadêmica).
Na sua categoria, o Grupo de Guarapuava concorreu com a Universidade Federal Fluminense (UFF), que concorria com um núcleo de memória da Mídia; e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com um núcleo de Comunicação.
No final de maio, o telejornal-laboratório “Terceiro Planalto” (orientado pela professora Ariane Carla Pereira) havia vencido em sua categoria na mostra competitiva Expocom Sul 2009, realizada em Blumenau (SC), envolvendo alunos que agora frequentam a quarta série do curso de Jornalismo. No início de junho, o documentário “Ninguém chora quando o lixo vai embora”, dos jornalistas recém formados pela Unicentro Adriana Santos, Davi Augusto Prado, Grazieli Eurich, Joseani Reinheimer, Marina Kreuscher e Monique Gärtner (orientados pela professora Everly Pegoraro), conquistou o Prêmio Sangue Novo de Relevância Social, em âmbito paranaense.

Relacionadas

NOVA CHANCE

Estudantes podem pedir reaplicação do Enem 2020

DESTAQUE NACIONAL

Professora da Unicentro recebe prêmio de excelência por pesquisa

INFRAESTRUTURA

Estado investirá R$ 450 milhões em infraestrutura escolar

Comentários