Dengue avança e já matou 105 pessoas no Paraná

Nas 22 regionais de saúde há casos confirmados de dengue. No total, 333 municípios registraram pessoas com a doença. Em Guarapuava existem seis casos

Dengue avança e já matou 105 pessoas no Paraná (Foto: Arquivo/RSN)

A Secretaria de Estado da Saúde confirmou em boletim epidemiológico dessa terça (14) mais 27 mortes por dengue no Paraná, que estavam em investigação. As mortes ocorreram desde o início de fevereiro, mas somente nos últimos dias tiveram a conclusão da causa definida como dengue.

Conforme os dados do boletim semanal, o Estado tem 114.711 casos confirmados da doença, 12% a mais que o boletim anterior, que registrou 102.427. Assim, em todas as 22 regionais de saúde há casos confirmados. No total, 333 municípios registraram pessoas com a doença, o que representa 83% dos municípios paranaenses.

O secretário de Saúde do Paraná, Beto Preto voltou a dizer que a dengue é um dos principais focos de atenção da Vigilância do Estado. “A doença mata e combate-la é uma responsabilidade de todos. Os criadouros do mosquito estão nas residências e a melhor forma de acabar com a transmissão é a retirada mecânica destes focos”.

GUARAPUAVA

Na segunda (13) a Secretaria de Comunicação da prefeitura de Guarapuava confirmou que o município tem seis casos importados da doença. Conforme o boletim, outros 17 pacientes estão sendo investigados
e 28 casos já foram descartados.

De acordo com o secretário de Saúde de Guarapuava, Celso Goes, os sintomas da dengue são semelhantes aos da gripe. Assim, surgem dores musculares e pelo corpo, febre e, ocasionalmente dor de cabeça. “Há sintomas característicos que são a dor nos olhos, no fundo do globo ocular, e dor na panturrilha. Nestes casos, é necessário procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima”.

O Aedes aegypti, mosquito transmissor, se prolifera onde há água acumulada. Assim, o ideal é verificar, pelo menos uma vez por semana, os locais que podem acumular água como vasos de plantas, baldes, pneus e garrafas.

ALERTA NO PARANÁ

Em situação de alerta estão 31 municípios paranaenses, três deles entraram esta semana para a lista: Santo Antônio do Sudoeste, Kaloré e Ribeirão Claro. Já de acordo com a Sesa, 195 cidades se encontram em situação de epidemia. Seis entraram esta semana, sendo Matelândia, Farol, São Manoel do Paraná, Bom Sucesso, Ribeirão do Pinhal e Cambará.

Além disso, neste último boletim, três municípios registraram casos de dengue grave, sendo em Lupionópolis, Jacarezinho e Ivaiporã. Os números da dengue são os maiores já registrados em toda a série histórica da Secretaria da Saúde, que investiga e monitora a doença desde 1991.

O último surto de dengue no Paraná ocorreu no período epidemiológico 2015/2016, com 56 mil casos confirmados em 322 municípios, e 63 óbitos.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

UTILIDADE PÚBLICA

Nesta quinta (9) haverá vacinação volante em Guarapuava

COVID-19

Lacen confirma segundo caso de covid-19 em Turvo

COVID-19

Guarapuava tem mais 16 casos de covid-19 confirmados

Comentários