Depois de quinzena de tempo estável, chuva chega a Guarapuava

De acordo com a expectativa dos meteorologistas o fim de semana será chuvoso na Região e é esperado frio intenso para a semana que vem

Frente fria chegou a Região na quinta (13) (Foto: Aaron Heinrich)

Quem gosta de dia nublado e chuvinha para curtir um café quentinho, a notícia é boa: a previsão é de chuva durante o fim de semana em Guarapuava. A expectativa é de que em dois dias sejam registrados mais de 40 milímetros. Além disso, as temperaturas ficam mais amenas do que as que foram registradas durante a semana.

De acordo com os meteorologista do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), a chuva que começou com maior intensidade ontem (13) deve continuar nesta sexta (14). Porém o volume esperado para o dia é pequeno, e não deve ultrapassar os cinco milímetros. Os ventos têm intensidade média e chegam a no máximo 36 Km/h. A máxima esperada para o dia é de 23º C.

Ainda conforme as informações, a chuva deve começar já no início da madrugada deste sábado (15). O céu deve ficar encoberto durante todo o dia, e o maior volume de chuva deve ser registrado no meio da tarde. A mudança mais significativa será na temperatura máxima, que não deve ultrapassar os 16º C. Já a mínima fica em torno de 13º C. Além disso, os ventos ganham muita intensidade e podem chegar a 65 Km/h.

Já no domingo (16), o tempo instável permanece e o volume de chuva é mais significativo. Dessa forma, os meteorologistas esperam pancadas de chuva isoladas que podem chegar a 36 milímetros. Os ventos perdem intensidade, e as rajadas de vento podem atingir o máximo de 16 Km/h. O céu fica carregado desde as primeiras horas da manhã.

Por fim, conforme a previsão, a semana deve seguir a tendência de tempo instável. O frio intenso deve chegar à Região no fim da semana.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

DIA DE PASTEL

Nesta quinta (1), tem pastel na Catedral em Guarapuava

MAIS CASOS

Guarapuava registra sete novos casos de covid-19

NOVO BOLETIM

Paraná confirma 1.590 novos casos de covid-19 e 63 mortes em 24h

Comentários