Despedida de George Karam será restrito à família em Guarapuava

Os protocolos municipais não permitem velório de pessoas vítimas de covid-19. Karam é o segundo médico que morre da doença em Guarapuava

George Karam morreu na noite de ontem (2) (Foto: Reprodução)

A noite de ontem (2) terminou com tristeza para os guarapuavanos depois da confirmação da morte do médico pediatra George Karam. Pelos protocolos de Santa Catarina, estado em que o médico morreu, o velório poderia ocorrer normalmente pois ele não tinha mais potencial de contágio. Porém, os protocolos de Guarapuava não permitem.

Desta maneira, a família informou que a despedida, será restrita apenas aos familiares, como manda o protocolo municipal. Além disso, ele será sepultado no Cemitério Central ainda sem horário definido. Nas redes sociais a comoção é enorme. A previsão é de que o corpo chegue em Guarapuava por volta das 9h.

A MORTE

O médico pediatra George Karam morreu no começo da noite desta quarta (2), vítima da covid-19. O médico, um dos mais tradicionais de Guarapuava, estava internado na UTI de um dos hospitais de Florianópolis.

Conforme informações de pessoas ligadas à família, ele estava internado em Guarapuava. Entretanto, foi transferido para a capital catarinense onde trabalha um casal de médicos, sobrinhos da esposa de George, Rosane Jaeger Karam. Desse modo, em recentes postagens nas redes sociais, familiares do pediatra divulgavam que ele estava melhor, após traqueostomia. Todavia, o quadro de saúde agravou-se e ele não resistiu à doença.

De acordo com informações, George Karam trabalhava há mais de 30 anos no Hospital Santa Tereza (Instituto Virmond). Por fim, ele é o segundo médico desse hospital e de Guarapuava a morrer pela infecção. O primeiro foi o cirurgião Clóvis Gorski.

NOTA DE PESAR

O Instituto Virmond emitiu uma nota de pesar onde lamentou a perda do profissional.

“É com pesar e com muita dor no coração, que nós do Instituto Virmond recebemos e compartilhamos a noticia do falecimento do Dr. George Karam. Palavras não expressam tamanha tristeza. Foi nosso amigo, parceiro, jamais mediu esforços para cumprir com seu trabalho, diuturnamente. Tenha a certeza Dr. que nossa gratidão com você será eterna e que Deus em sua infinita misericórdia te receba no mundo Espiritual”.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

 

Relacionadas

SOLIDARIEDADE

Bebê precisa de medicamento que custa R$ 12 milhões

ALERTA

Procon alerta sobre perigo de kit 'fake' de vacina contra a covid-19

HOMENAGEM

Praça da Ucrânia terá monumento esculpido com ícones da cultura

Comentários