Dilma recebe lideranças do Grito da Terra Brasil

Brasília – A Comissão de Negociação do Grito da Terra Brasil (GTB) 2009 será recebida nesta quarta-feira (27), às 15h, no CCBB, pela ministra chefe da Secretaria da Casa Civil da Presidência da República, Dilma Roussef, e pelos ministros da Secretaria Geral, Luiz Dulci, do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, e Meio Ambiente, Carlos Minc. O governo federal vai apresentar nesta audiência a resposta à pauta de reivindicações do GTB 2009.
Após a audiência no CCBB, os dirigentes da Contag e os ministros vão anunciar os resultados das negociações aos cerca de 5 mil trabalhadores e trabalhadoras rurais acampados na Esplanada dos Ministérios. Os membros da Comissão de Negociação do GTB 2009 estão negociando há duas semanas com o governo federal uma pauta de reivindicações composta por 203 itens. Até o momento foram realizadas 40 reuniões com 38 órgãos – ministérios, secretárias e autarquias – da administração pública federal. A pauta foi entregue ao presidente Lula no dia 29 de abril.
Programação ‑ As últimas reuniões de negociação estão marcadas para essa quarta-feira, às 9h, no Ministério da Fazenda, e às 10h no Supremo Tribunal de Justiça. A pauta de discussão com o secretário executivo Nelson Machado é o descontingenciamento do orçamento do Incra e das demais unidades do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Os membros da Comissão de Negociação serão recebidos pelo secretário executivo do STF, Luciano Fuck, para tratar da grande quantidade de processos de desapropriação de terras parados no Supremo.
As manifestações do segundo dia de mobilização do GTB 2009 continuam na manhã dessa quarta-feira. Os trabalhadores e trabalhadoras rurais fizeram uma assembléia às 7h no estacionamento do Estádio Mané Garrincha e estão realizando uma passeata até a Esplanada dos Ministérios.
A programação prevê um ato público em frente ao Ministério do Meio Ambiente, às 10h30, e um segundo ato no Ministério da Saúde, às 11h30. Os manifestantes também vão estar no Congresso Nacional para acompanhar a votação da medida provisória que prevê que a merenda escolar seja produzida com produtos da agricultura familiar.
A mobilização deve se encerrar após a assembléia com os ministros do governo Lula na Esplanada dos Ministérios, no final da tarde. As delegações que chegaram à Brasília na segunda-feira para participar da 15ª edição do Grito da Terra Brasil retornam aos seus estados de origem no início da noite.

Relacionadas

PARALISAÇÃO

Volta às aulas mobiliza sindicato para greve também na Região

VACINA DA COVID-19

Aliel cobra explicações sobre quantidade de vacinas destinadas ao PR

NOVA MEDIDA

TSE suspende consequências para quem não votou nas eleições de 2020

Comentários