Direção de escola chama a polícia para conter tumulto em Prudentópolis

De acordo com participantes da chamada pública em escola, professores tentavam coagi-las a serem contra a militarização

Direção de escola chama a polícia para conter tumulto em Prudentópolis (Foto: Flick)

A direção do ‘Colégio Barão de Capanema’ chamou a Polícia Militar nesta terça (27) em Prudentópolis. De acordo com a PM, professores tentavam persuadir participantes na chamada pública. Isso porque essa participação prevê a militarização ou não da escola.

Conforme o registro, em frente ao portão do colégio, pessoas disseram que estavam sendo coagidas a votarem contra o novo modelo proposto pelo Governo. Entretanto, os professores negaram a intervenção. Dessa maneira, o Núcleo Regional de Educação e a diretoria do colégio orientou os professores. Assim, pedindo que eles deixassem o local.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ÚLTIMO DIA

Inscrições para a fila única dos CMEIs encerram hoje (3) em Bituruna

RECONHECIMENTO

Campo Real recebe nota máxima do Ministério da Educação

VAMOS ESTUDAR?

Senac oferece cursos técnicos na área da enfermagem em Guarapuava

Comentários