Edital prevê R$ 60 milhões para área de Ciência e Tecnologia da Unicentro

A Unicentro é uma das potenciais candidatas ao Edital promovido por meio de convênio entre os governos Federal e do Paraná para a área da Ciência e da Tecnologia. A assinatura aconteceu na última sexta-feira, 27 de dezembro, entre Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e a Associação Brasileira de Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (Abruem). “É a parceria do Estado investindo pesado na inovação e na produção tecnológica, dando condições às universidades através do financiando de pesquisas”, disse o governador Roberto Requião.
O reitor da Unicentro, Vitor Hugo Zanette, destacou o empenho da Abruem na reivindicação de apoio ao ensino superior. “Como integrante da Abruem, conheço o esforço da Associação para liberação de verbas e apoio aos trabalhos desenvolvidos nas universidades. A assinatura desse convênio demonstra o reconhecimento do Governo Federal às instituições de ensino superior”, avaliou o reitor.
O recurso liberado pelo governo federal é da ordem de R$ 60 milhões, através da aprovação de projetos institucionais, sendo 50% provenientes da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) e os outros 50% de contrapartida dos governos gestores das instituições de ensino. Este investimento permitirá o apoio à pesquisa preferencialmente de grupos emergentes que tenham atividades de pesquisa reconhecidas e vinculados a cursos de pós-graduação em fase de implementação.
Ao assinar o edital, o ministro da Ciência e Tecnologia, Sérgio Rezende, falou da importância desse evento que consolida as ações do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. “Temos uma política ampla e um plano de ação com parcerias em vários ministérios, priorizando a consolidação da produção científica nacional, a promoção de ações que busquem propiciar os avanços tecnológicos dentro das empresas e o estímulo ao desenvolvimento de pesquisas dentro das instituições de pesquisa e principalmente das universidades”, salientou Rezende.
Segundo o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, esses acordos vão facilitar o acesso aos recursos do governo federal. “Tivemos a determinação de não reduzir os recursos dos programas estratégicos do governo, apesar da crise mundial”, afirmou Bernardo.
O governador Roberto Requião aposta na inovação e no estímulo à pesquisa. “O Estado é parceiro, investindo pesado na inovação e na produção tecnológica, dando condições às universidades através do financiamento de pesquisas”, disse.
De acordo com a secretária Lygia Lumina Pupatto, da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná (Seti), o Governo do Estado proporcionou o fortalecimento e desenvolvimento das pesquisas tecnológicas. “Nesse processo, o nosso desafio é levar o conhecimento gerado em nossos laboratórios até a população”, afirmou.

Fonte: unicentro.br

Foto: Nagel Coelho

Relacionadas

TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

'Cidade dos Lagos' sedia curso de engenharia biomédica e Campo Tech Park

VAMOS ESTUDAR?

Unicentro abre inscrições para pós-graduação em Letras

VAMOS ESTUDAR?

Senac Guarapuava oferece cursos de capacitação em Guarapuava

Comentários