Em Guarapuava, bloco ‘Não é não’ combate assédio no Carnaval

Procuradoria da Mulher da Alep e Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres lembram que não importa a festa, não importa a fantasia, o corpo é da mulher

Equipes visitam estabelecimentos comerciais da cidade (Foto: Secom/Prefeitura de Guarapuava)

Em Guarapuava um bloco especial ganha as ruas no combate à violência contra as mulheres. Assim, equipes da Secretaria de Políticas Públicas Para Mulheres e da Procuradoria da Mulher da Assembleia Legislativa do Paraná, criaram o Bloco do Não é Não.

De acordo com a secretária  de Políticas Públicas Para Mulheres, Priscila Schran, a ação tem como foco bares e casas noturnas. Assim, já foram visitados 30 bares e casas noturnas. Adesivos estão sendo colados nos locais e destacam a importância do respeito às mulheres durante o Carnaval.

Todo ano fazemos questão de lembrar que não importa a festa, não importa a fantasia, o corpo é da mulher

A legislação que trata de importunação sexual, Lei n. 13.718/18, é uma grande ajuda, pois, tudo que vem depois do não é importunação! É importante lembrar que o corpo é da mulher, somente dela”.

O material foi fixado tanto nos banheiros femininos, quanto nos masculinos.  “O homem deve respeito à escolha da mulher. É muito importante este tipo de campanha para ajudar a prevenir o assédio, todo estabelecimento devia aderir” afirmou o comerciante Márcio Karpinski.

.

 

De acordo com Priscila, o adesivo enfatiza o direito da mulher de não ser importunada. Lembra ainda que, em caso de assédio, d a denúncia deve ser feita pelo telefone 190.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

PROGRAME-SE

'Trenzinho da Luz' oferece passeio gratuito pela 'Cidade dos Lagos'

MORADIA

Famílias recebem casa própria em Santa Maria do Oeste

CANDÓI

Manifestação pede que lei contra maus tratos de animais seja cumprida

Comentários