Enforcamento na cadeia tem indícios de crime, aponta Boletim de Ocorrência

Preso foi encontrado com corda no pescoço e outra no tornozelo direito

(Foto: Arquivo RSN)

Mais um caso de enforcamento numa das celas da cadeia pública de Guarapuava engrossa a lista de desafios para a Polícia Civil. A última vítima é Jaison Donisete Gonçalves, de 36 anos, encontrado enforcado na manhã desta quinta (23).

De acordo com o Boletim de Ocorrência número 612452/2019 a morte está sendo apurada com indícios de crime. As outras quatro mortes também por enforcamento, sendo três na cadeia e outra na Penitenciária Industrial de Guarapuava (PIG) seguem a mesma linha de investigação.

O corpo de Jaison, segundo o B.O, teve que ser retirado por agentes penitenciários, já que os presos negaram-se a sair para o pátio porque estava chovendo. O boletim mostra também a vulnerabilidade do local já que a cela no Setor de Carceragem Temporária (Secat) onde Jaison se encontrava estaria sem portas. O corpo estava com uma corda no pescoço e outra amarrada no tornozelo direito.

Ainda segundo o B.O, agentes penitenciários já tem os nomes de quem estaria na cela junto com Jaison.

Relacionadas

DEU RUIM

Foragido de Pinhão é preso no Distrito de Entre Rios em Guarapuava

PRISÕES E APREENSÕES

PM prende traficantes e apreende drogas de vários tipos em Guarapuava

SOLIDARIEDADE

Hoje tem Feijoada Beneficente no 'Vidas por Vidas' em Guarapuava

Comentários