Escolas de todo Estado recebem mais de R$ 750 milhões em obras

Curitiba – O Governo do Estado investiu, desde 2003, mais de R$ 750 milhões na construção, reparos, reformas, ampliações e manutenção de escolas. Os valores incluem o fundo rotativo e recursos disponíveis mensalmente a todas as escolas da rede estadual para compra de materiais e pequenos consertos.
“O investimento feito nas escolas do Paraná reflete a preocupação em oferecer não apenas um ensino de qualidade, mas um ambiente agradável e adequado para a formação do estudante”, afirma a secretária da Educação, Yvelise Arco-Verde. Ela ressalta o cuidado que todos devem ter com o patrimônio público. “Educar para o espaço é educar para a cidadania e os alunos precisam ter consciência dos cuidados com a escola, em preservar o que é de todos.”

NÚCLEOS – A Secretaria de Educação atua em todos os 32 núcleos regionais de educação. Exemplo é o tradicional Colégio Pedro Macedo, em Curitiba, que passa por uma grande reforma, a maior de seus 51 anos. A obra inclui reparos, adaptações e ampliações que beneficiam 3 mil estudantes. “Depois que as obras forem concluídas, teremos capacidade para aproximadamente 4.500 alunos”, destacou a diretora Deuzita Cardoso da Silva.
Com um investimento de R$ 190 mil, aproximadamente 500 alunos do Colégio Estadual João Arnaldo Ritt, em Toledo, terão pela primeira vez uma reforma geral na escola, que inclui banheiros, conserto do telhado, melhorias na quadra coberta e pintura externa e interna.
Para a aluna Jéssica Aline Pavan, as reformas vão valorizar ainda mais o colégio. “Será um incentivo a mais estudar aqui. Nosso colégio já é destaque, ficou em 3.º lugar no Enem, inclusive entre as escolas particulares”, disse a estudante.
Em Paranaguá, inaugurado recentemente, o Colégio Estadual Porto Seguro funciona em três turnos e atende 1.900 alunos. A escola conta com biblioteca, laboratórios de informática e ciências e sala de artes.

ESPORTE – A quadra poliesportiva coberta tem possibilitado a prática esportiva dos estudantes. “O espaço está adequado para aulas de educação física, sem a preocupação com o tempo. Faça sol ou chuva, os alunos participam das aulas na quadra coberta”, disse Leocilena Debner dos Santos, professora de Educação Física em Paranaguá. Segundo ela, a quadra coberta passa a ser um recurso a mais para outras atividades do colégio.
O Centro Estadual de Educação Profissional Francisco Carneiro Martins, em Guarapuava, passou por reforma geral, onde foram investidos R$ 210 mil para as melhorias. “A reforma mexeu com a autoestima da comunidade escolar. Aqui eu estudei, lecionei e hoje sou diretor”, disse Orlei de Jesus Lopes.
“A quadra coberta é importante nas aulas, pois é um local adequado para as nossas aulas de Educação Física”, disse Felipe de Lima Veiga, aluno da 7.ª série.

AEN

Relacionadas

TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

'Cidade dos Lagos' sedia curso de engenharia biomédica e Campo Tech Park

VAMOS ESTUDAR?

Unicentro abre inscrições para pós-graduação em Letras

VAMOS ESTUDAR?

Senac Guarapuava oferece cursos de capacitação em Guarapuava

Comentários