Exames descartam morte por vírus da influenza A no RS

A Secretaria Estadual da Saúde do Rio Grande do Sul informou, nesta terça-feira (30), que exames comprovaram que a causa da morte do cidadão norte-americano não foi a influenza A (H1N1). O óbito ocorreu no dia 26 de junho, no município de Montenegro. O engenheiro mecânico chegou ao estado no dia 21. Foi internado no hospital do município na noite de 24 de junho, quando entrou em estado de coma. Exames preliminares já indicavam que a morte teria causas bacterianas e não virais, mas foram tomadas providências de praxe, incluindo a coleta de secreção nasofaríngea para a realização de exames.

Relacionadas

PANDEMIA DA COVID-19

Saúde de Guarapuava confirma 45 novos casos de covid-19

COMEÇOU O ALERTA

Sesa registra 1º caso suspeito de febre amarela em Cantagalo

VACINA CHEGANDO

Regional de Saúde de Irati recebe 920 doses da vacina de Oxford

Comentários