Falecimento de jovem advogado comove a comunidade guarapuavana

Guilherme Mondin, de 27 anos, estava em férias com a família na cidade turística de Águas de Lindóia, em São Paulo

Guilherme Mondin trabalhava como advogado em Guarapuava (Foto: Facebook/Reprodução)

A morte precoce do advogado de Guarapuava Guilherme Mondin, de 27 anos, está sendo recebida com comoção pela comunidade. O jovem faleceu na noite da última quinta feira (27), no município de Águas de Lindóia, interior de São Paulo, enquanto passava férias com a família. Além de advogado, Guilherme também era conhecido no cenário esportivo de Guarapuava e região. Ele era corredor de kart e praticava ciclismo.

A causa da morte ainda não foi revelada, porém, de acordo com informações apuradas pelo Portal RSN, o rapaz pode ter morrido após entrar na piscina.

A Central de Triagem informou que a chegada do corpo de Guilherme a Guarapuava está prevista para às 18h de hoje (28). O local de velório e sepultamento ainda não foram divulgados.

O rapaz era sobrinho de Carmen Mondin, juíza em Guarapuava, e de Mauro Mondin, juiz em Pitanga.

Mais informações a qualquer momento.

Relacionadas

EXPLOSÃO COVID-19

Em 24h, Guarapuava registra 71 novos casos de covid-19

FALTAM 3 DIAS

“Ficou nítida a dissimulação do réu preso", diz advogado de família Spitzner

SÚMULA

Súmula de recebimento de licença prévia

Comentários