Força Verde atua proprietário rural em R$ 78 mil por corte e transporte ilegal de araucárias

Pato Branco – O 3º Pelotão do Batalhão de Polícia Ambiental – Força Verde, que atua no município de Segredo, localizado a 100 quilômetros de Guarapuava, região centro sul do Paraná – apreendeu no município de Pato Branco, região Sudoeste do Estado, um caminhão carregado com 12,2 metros cúbicos de Araucária em toras. Após apreender o veículo, os policiais entraram foram até a propriedade indicada pelo motorista do caminhão e constataram o corte de 38 Pinheiros Araucária e 198 arvores de folhosas diversas.
O proprietário da área foi autuado em R$ 78.400,00 e responderá a processo criminal pelo corte e transporte. Já o motorista do caminhão apreendido foi autuado em R$ 5.850,00 pelo transporte irregular.
O proprietário da área apresentou a Autorização Florestal com validade até 08 de julho de 09, rasurada e renovada a caneta para 19 de dezembro de 2009, autorizando o corte de duas arvores de Araucária e quatro Canelas, totalizando 15 metros cúbicos e 5 metros cúbicos respectivamente e que, segundo ele, apenas um pinheiro havia sido cortado.
Os policiais entraram no interior de uma mata ali existente onde um dos pinheiros havia sido cortado e que restavam ainda três toras, totalizando 7,6 metros cúbicos, o que se somando as árvores já apreendidas, totalizaria o crime ambiental pelo corte de 19,8 metros cúbicos de araucária.
De acordo com o comandante da Força Verde, tenente-coronel Rosa Neto, as operações na região centro-sul para coibir o corte de madeira ilegal e crimes contra a fauna e a flora têm sido constantes.
“Estamos promovendo operações esporádicas e em horários diferenciados para evitar a atuação dos degradadores da natureza”, declarou o comandante.

FAUNA – Já para proteger a fauna, a Força Verde está realizando a “Operação Caápua”, que está sendo realizada com o objetivo de combater crimes ambientais, esteve no fim de semana no município de Cerro Azul.
Durante a operação, os policiais localizaram um infrator ambiental e apreenderam em sua residência 13 pássaros silvestres em cativeiro, uma espingarda calibre 36 e diversas gaiolas.
Foi lavrado auto de infração ambiental ao infrator, de acordo com o decreto 6.514/2008, que prevê multa de R$ 500,00 por animal mantido em cativeiro.
Em relação à parte criminal, foi dada voz de prisão, tendo em vista o crime ambiental que estava configurado conforme a lei 9.605/1998 e a posse de arma de fogo conforme o Código Penal Brasileiro e o Estatuto do Desarmamento.
A Força Verde tem trabalhado com frequência combatendo crimes ambientais. Todos aqueles que constatarem crimes contra a fauna e a flora podem fazer denúncias através do telefone: 0800-6430304. Não é preciso se identificar.

Relacionadas

VIOLÊNCIA

Sábado sangrento deixa três mortos em Rio Bonito Iguaçu

PERIGO

Casal foge de perseguição no Centro de Guarapuava

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Homem arromba portão para agredir ex-mulher em Guarapuava

Comentários