Fundador do IBC visita Guarapuava

O Instituto Brasileiro de Coluna (IBC) é a maior instituição de tratamento de coluna não cirúrgica e não medicamentosa de toda a América Latina, instituído no Paraná pelo médico Flávio Calixto, que esteve em Guarapuava na última sexta-feira (19). O tratamento pela Chiropatia é manual, onde se manipula a coluna com as mãos através das técnicas chiropáticas, sendo necessário também uso de alguns equipamentos para relaxamento muscular da coluna. Segundo Calixto, a manipulação atinge as articulações da coluna, refletindo melhorias em todo o corpo.
“Nós trabalhamos com articulação da coluna e com o sistema ósseo. Se a coluna entorta, comprime o nervo. Os nervos devem trabalhar com toda a liberdade, facilitando assim a comunicação do cérebro com o corpo, pois é a coluna que media os comandos do cérebro para todo o organismo”, observa.
A Chiropatia é a ciência mais antiga que se conhece de tratamento natural ao corpo humano e particularmente dirigido à coluna. Os sintomas das doenças de coluna são muito variáveis justamente por atingir todas as partes do corpo, influenciando em todo sistema neurológico. O médico chiropata explica que a manipulação é feita por estímulos aos nervos presentes em cada vértebra cervical. “Entre as vértebras cervicais existem nervos que estão diretamente ligados aos órgãos do corpo humano. Os problemas quanto ao funcionamento dos órgãos são devidos a não estimulação que o cérebro comanda”.
Calixto afirma que o tratamento é extremamente curativo quando é tratado preventivamente. Cerca de 60 a 70% dos pacientes estavam com cirurgia marcada ou recomendada e 98% evitaram a cirurgia através da Chiropatia. Ressalta ainda a infinidade de benefícios. “Todo o tipo de bem estar possível, já que o seu corpo esta em melhor contado com seu cérebro. Os benefícios são infindáveis. O cérebro comanda o seu corpo, portanto, a coluna é mediadora entre o seu corpo e seu cérebro. A defesa do nosso sistema é mediada pela coluna”, explica. E para firmar a capacidade de cura da Chiropatia, Calixto faz suas as palavras de Hipócrates, o Pai da medicina: “O médico do futuro buscará na coluna a cura e manutenção da saúde humana”.
O tratamento de chiropatia é somente oferecido na capital e em Guarapuava. Segundo o médico Fábio Sguissardi, responsável pelo IBC na cidade, a procura por esse novo tipo de tratamento em Guarapuava é grande, principalmente por ser uma região agrícola, onde exige dos trabalhadores muito esforço da coluna. Ele ressalta também que a nova geração apresenta muitos problemas cervicais devido ao uso extremo do computador.
Por não ser reconhecida como profissão, devido ao sistema burocrático e aos embates por parte das outras profissões que também tratam da coluna, há a dificuldade de encontrar profissionais que executem a chiropatia. E por esse motivo o tratamento não é oferecido pelo Sistema Único de Saúde.

Morgana Nunes

Relacionadas

DOAR FAZ BEM

Hemocentro de Guarapuava pede doações de sangue com urgência

PANDEMIA

Guarapuava confirma mais um caso de covid-19 neste domingo (18)

COVID-19

Em 24 horas, Guarapuava registrou mais duas mortes por covid-19

Comentários